Theresa May sobrevive. Moção de censura de Corbyn chumbada

A primeira-ministra britânica resistiu à moção de censura apresentada por Jeremy Corbyn. Vai continuar a liderar os britânicos e, na próxima segunda-feira, apresentará um novo plano para o Brexit.

Depois de uma pesada derrota no parlamento com o acordo do Brexit, Theresa May saiu vitoriosa da moção de censura apresentada imediatamente de seguida pela oposição. A moção de Jeremy Corbyn foi chumbada, assegurando a liderança de May que agora está a preparar um Plano B para o país abandonar a União Europeia (UE). Será apresentado aos deputados dia 21.

“Esta Câmara [dos Comuns] expressou a confiança neste governo”, afirmou Theresa May imediatamente depois de ser revelado que a moção de censura foi rejeitada com 325 votos contra. A margem mínima.

“Este governo vai continuar o seu trabalho para fortalecer a nossa união, mas também vai continuar a trabalhar para cumprir com o resultado do referendo e deixar a UE“, salientou May.

“Temos a responsabilidade de avançar e encontrar uma forma de garantir o apoio do parlamento”, acrescentou a primeira-ministra, salientando que vai avançar com “várias reuniões com todos os partido” com assento parlamentar. “Quero começar essas reuniões já hoje”, salientou.

"Governo vai continuar o seu trabalho para fortalecer a nossa união, mas também vai continuar a trabalhar para cumprir com o resultado do referendo e deixar a UE.”

Theresa May

Primeira-ministra do Reino Unido

“Vamos voltar a esta Câmara [dos Comuns] na segunda-feira para apresentar uma moção. Eu estou preparada para continuar a trabalhar com qualquer membro destra Câmanra para cumprir com o Bexit“, acrescentou.

Jeremy Corbyn, depois de ver derrotada a sua moção, não comentou o resultado de hoje. O líder da oposição preferiu salientar que que depois da votação do dia anterior, “o governo tem de assumir responsabilidades” no que respeita ao acordo para o Brexit.

Neste sentido, Corbyn pediu para que May “assuma que não vai fazer um Brexit sem acordo”, mostrando-se disponível para se reunir com a primeira-ministra. A mesma abertura foi demonstrada por outros líderes dos partidos com assento no parlamento britânico.

(Notícia atualizada às 19h27 com mais informação)

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Theresa May sobrevive. Moção de censura de Corbyn chumbada

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião