Amazon triplica lucros. Negócio da nuvem brilha

  • Lusa
  • 31 Janeiro 2019

A Amazon Web Services registou o maior crescimento entre os negócios da empresa liderada por Jeff Bezos.

O grupo norte-americano do comércio eletrónico Amazon divulgou os resultados relativos a 2018, em que triplicou os lucros, em relação a 2017, para os 10,073 mil milhões de dólares (8,8 mil milhões de euros).

Entre janeiro e dezembro do ano passado, esta multinacional, sedeada em Seattle, no Estado de Washington, faturou 232,887 mil milhões de dólares, 31% acima do faturado em 2017, com o lucro por ação a passar de 6,15 para 20,14 dólares.

Se bem que as vendas pela internet continuem a ser o principal negócio da Amazon, onde se registou o maior crescimento foi no serviço de computação na nuvem, a Amazon Web Services, considerado estratégico para o futuro pela empresa, com aumentos trimestrais entre 46% e 49% ao longo do ano.

Estes resultados, contudo, não satisfizeram os investidores e as ações da Amazon estavam a descer 0,8% nas operações eletrónicas posteriores ao encerramento de Wall Street.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Amazon triplica lucros. Negócio da nuvem brilha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião