Benfica dispara 7,5% em bolsa. Ganhou o dérbi, ficou a três do Porto

  • ECO
  • 4 Fevereiro 2019

Foi um fim de semana glorioso para as águias. Não só venceram os rivais de Alvalade como viram o líder Porto escorregar em Guimarães. Estão a três pontos da liderança do campeonato.

O Benfica celebrou no relvado, os investidores fazem a festa na bolsa. Depois de vencer o dérbi lisboeta, mas também de ver o Porto perder pontos em Guimarães, os títulos das águias disparam, com a fé no… título de campeão nacional de futebol.

As ações da SAD liderada por Luís Filipe Vieira arrancaram a sessão em terreno positivo, mas com ganhos ligeiros. No entanto, acentuaram a tendência, seguindo a ganhar 7,43% para 1,88 euros. Isto num dia em que trocaram de mãos 3.497 títulos.

Esta forte valorização, a mais expressiva desde desde 10 de janeiro, segue-se a um fim de semana glorioso. Os encarnados ganharam pontos aos seus rivais, deixando-os numa melhor posição para tentarem chegar à vitória no campeonato.

Benfica marca golos… na bolsa

No relvado, a equipa orientada por Bruno Lage bateu o Sporting por quatro bolas contras duas, neste que foi o primeiro de dois encontros entre as duas equipas em menos de uma semana — segue-se, agora, o jogo para a Taça de Portugal.

Ao mesmo tempo, o Benfica viu o líder do campeonato perder pontos. O Futebol Clube do Porto escorregou perante o Vitória de Guimarães, empatando a zero. Apesar de ceder pontos, o FCP ganha 3,79% em bolsa para cotar nos 68,50 pontos.

Perante esta conjugação de resultados, as águias ficaram a três pontos do líder do campeonato, podendo almejar chegar à vitória na liga. É, pelo menos, essa a expectativa dos adeptos.

(Notícia atualizada às 14h27 com mais informação)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Benfica dispara 7,5% em bolsa. Ganhou o dérbi, ficou a três do Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião