Tusk vê lugar no inferno para os que promoveram saída do Reino Unido

  • Lusa
  • 6 Fevereiro 2019

"Tenho-me questionado como será o lugar especial no inferno reservado àqueles que promoveram o Brexit sem terem sequer um esboço de um plano para realizá-lo em segurança", disse Donald Tusk.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, criticou esta quarta-feira aqueles que promoveram o Brexit sem um plano para garantir uma saída “segura” do Reino Unido da União Europeia (UE), “reservando-lhes” um lugar no Inferno.

Com um semblante inusualmente carregado, Donald Tusk proferiu um discurso duro, que concluiu como uma crítica aos “responsáveis” pela saída do Reino Unido do bloco comunitário: “Tenho-me questionado como será o lugar especial no inferno reservado àqueles que promoveram o Brexit sem terem sequer um esboço de um plano para realizá-lo em segurança”.

No início do seu discurso, o presidente do Conselho Europeu já tinha descartado taxativamente quer a renegociação do acordo de saída, quer a permanência do Reino Unido na UE.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tusk vê lugar no inferno para os que promoveram saída do Reino Unido

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião