Isabel Ucha: “Investidores não querem ficar limitados à oferta dos seus bancos”

Isabel Ucha, presidente da Euronext Lisbon, explicou que os planos de expansão do grupo passam não só pela aquisição de novas bolsas, como de reforço dos serviços oferecidos.

A Euronext Lisbon quer reforçar a oferta de fundos de investimento, com uma nova plataforma que alarga a disponibilização destes ativos para clientes dos vários bancos. Os planos de expansão do grupo passam não só pela aquisição de novas bolsas, como de reforço dos serviços oferecidos, como explicou Isabel Ucha, presidente da Euronext Lisbon, na conferência Via Bolsa 2019.

Os investidores não querem ficar limitados à oferta de fundos de investimento que os seus bancos têm para oferecer (no respetivo grupo bancário), e portanto a oferta vai ser mais diversificada. A própria legislação também assim o incentiva”, afirmou Isabel Ucha, na abertura da conferência, organizada pela Euronext Lisbon e que conta com o ECO como media partner.

“A Interbolsa é mais também para a indústria de fundos de investimento. Pensamos que a Interbolsa, através do seu serviço de fundos”, defendeu. A presidente da Euronext Lisbon considera que a plataforma de serviço de fundos que a Interbolsa oferece facilita que mais bancos e outras entidades possam distribuir fundos e produtos de investimento a investidores, de diversas entidades gestoras, nacionais e internacionais.

Por outro lado, pretende continuar “a intensificar-se a procura por fundos de gestão passiva (os ETF)” que diz estarem “sub-representados no mercado português”. No campo dos serviços, Isabel Ucha apontou ainda para o novo Centro Tecnológico no Porto, de onde é gerida toda a atividade de cibersegurança do grupo. A par dos serviços, também o crescimento em termos de capitalização de mercado e geografias está nos planos do grupo.

Novas aquisições em cima da mesa

A capitalização de mercado da Euronext disparou para 3,7 mil milhões de euros, no início deste ano, face aos 1,4 mil milhões, em 2014, quando foi alvo de IPO. Isabel Ucha garante que há planos para continuar a expandir, não só com a aquisição de novas bolsas como com reforço da oferta de serviços.

“Os mercados de capitais vão continuar a ser um pilar das empresas, das economias e da inovação do mundo”, afirmou Isabel Ucha. “Com a aquisição da bolsa da Irlanda somos agora o maior centro mundial de listing de obrigações e fundos”.

O grupo conta com mais de 37 mil títulos de dívida cotados de 90 países, mais de 5,6 mil fundos de investimento e mais de 1.150 ETF. “E o grupo Euronext pretende continuar a crescer e atrair outras gestoras de bolsas que queiram partilhar a sua ambição de servir um mercado único de capitais na Europa“.

Em dezembro, a Euronext anunciou a intenção de comprar a bolsa norueguesa, a Oslo Børs. O processo ainda está a decorrer, até porque o Conselho de Administração da bolsa não recomendou a venda, por 625 milhões de euros, o que poderá obrigar a uma revisão em alta do montante.

Comentários ({{ total }})

Isabel Ucha: “Investidores não querem ficar limitados à oferta dos seus bancos”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião