Aicep escolhe quatro novos delegados. Preenche três delegações que estavam vazias

A Aicep continua a fazer ajustamentos à sua rede externa. Já foram oficialmente nomeados quatro novos delegados, sendo que três vão preencher escritórios que estavam sem representação.

Argélia, Macau, São Francisco e Suíça são os quatro mercados que vão receber novos delegados da Aicep. Três destas delegações estavam vazias, tal como o ECO avançou no início de fevereiro. Mas, entretanto, vagou mais uma no final do ano passado: Cuba.

O último passo formal para a escolha dos novos delegados foi dado esta quarta-feira com a publicação dos seus nomes em Diário da República. Assim, a delegação de Argel tem agora como delegado Gonçalo Pereira Homem de Mello, que é acreditado como conselheiro económico e comercial. Esta representação estava sem delegado desde julho de 2018. O novo representante é licenciado em gestão de empresas pela Universidade Internacional e é quadro da Aicep desde fevereiro de 1995. Ao longo destes 23 anos, 19 foram passados em postos no estrangeiro como Haia, Bruxelas, Washington e Zurique. A nomeação tem efeitos a partir de 1 de fevereiro.

Outra das delegações que estava vazia era a Suíça (Berna). A ausência desde agosto de 2018 é suprida com uma nova conselheira económica e comercial: Ana Rosas. Mas a atual delegada da Aicep em Moçambique só cessa funções em Maputo a 31 de julho deste ano e, portanto, só assume o novo posto a 1 de agosto. Assim, a delegação de Berna vai ficar um ano interior sem delegado.

Para São Francisco, nos Estados Unidos, vai Teresa Fernandes, tal como o ECO avançou. A nova delegada é designada como vice-cônsul e, apesar de a sua nomeação ter feitos a partir de 1 de fevereiro, a antiga administradora da Portugal Ventures (2012-2016) ainda não se encontra no posto, que está vazio desde julho de 2018. Teresa Fernandes trabalha com a Aicep desde 2005, tendo inclusive sido consultora de investimento internacional da API, a agência anterior à Aicep e, no último ano, foi responsável pelo programa de aceleração da Farfetch, Dream Assembly.

Como vice-cônsul vai também Maria Carolina Alves Lousinha, mas para Macau. A até agora gerente de desenvolvimento de negócios no escritório de São Paulo, da Aicep Brasil, vai substituir Maria João Bonifácio que cessou funções a 31 de janeiro deste ano. Maria Carolina Alves Lousinha assumiu interinamente o cargo de diretora, entre setembro de 2011 e março de 2012, tendo como responsabilidades todas as atividades relacionadas com o escritório da Aicep em São Paulo. E tem a particularidade de, no início de carreira, aos 24 anos, ter participado no programa Inov Contacto da Aicep.

Em Diário da República foi ainda publicada a nomeação de dois adidos para o turismo para o Japão e Coeria do Sul (Oto Oliveira) e Benelux/Haia (João Rodeia).

Por outro lado, é publicada a cessação de funções de Afonso Duarte que era delegado em Riade, na Arábia Saudita, que deixou a delegação em agosto do ano passado, de Daniel Pontes que era delegado no Qatar, que saiu em setembro de 2018, e de Nuno Lima Leite que cessou funções na delegação de Abu Dhabi a 15 de outubro, tal como o ECO avançou.

Mas há mais uma delegação que ficou vazia no final do ano passado: Cuba. João Renato Henriques deixou o cargo a 30 de novembro de 2018.

Comentários ({{ total }})

Aicep escolhe quatro novos delegados. Preenche três delegações que estavam vazias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião