Vítor Constâncio ganhou 2,6 milhões de euros em oito anos no BCE

Português terminou mandato como vice-governador do supervisor europeu em maio de 2018, tendo auferido, durante esses cinco meses, um rendimento de 143 mil euros.

Durante os oito anos de mandato como vice-governador do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio auferiu uma remuneração global de pouco mais de 2,6 milhões de euros. O português abandonou o órgão supervisor em maio do ano passado, tendo recebido por esses cinco meses de trabalho aproximadamente 143 mil euros.

As informações relativas aos salários dos membros do conselho executivo do BCE, liderado por Mario Draghi, constam das contas que a instituição publica anualmente, onde informa sobre resultados do ano anterior.

No ano passado, o BCE registou uma subida dos lucros em 23,5% para 1.575 milhões de euros, impulsionados pelos ganhos obtidos com os juros da dívida que comprou no âmbito do plano aquisição de títulos públicos na Zona Euro. Vai distribuir o resultado pelos bancos centrais nacionais que fazem parte do Eurossistema, incluindo o Banco de Portugal.

Além disso, a instituição com sede em Frankfurt também divulgou os salários base dos membros do board. Mario Draghi, presidente do BCE, auferiu uma remuneração de 400 mil euros no ano passado. O italiano está em fim de mandato.

Em média, Vítor Constâncio recebeu uma remuneração mensal de cerca de 27 mil euros (12 meses) — por exemplo, o governador do Banco de Portugal tem um salário mensal de 14,5 mil euros.

Por outro lado, o espanhol Luis de Guindos, que foi substituir Constâncio no cargo de vice-governador, recebeu um vencimento de 200 mil euros pelos sete meses que esteve em funções. Já Peter Praet, Benoît Coeuré, Yves Mersch e Sabine Lautenschläger auferiram 286,7 mil euros cada pelas funções de membro do conselho executivo do BCE.

No total, o BCE gastou 1,89 milhões de euros com os salários base do seu conselho executivo. Estes valores não incluem contribuições para os planos de seguros médico e de acidentes ou outros abonos.

Comentários ({{ total }})

Vítor Constâncio ganhou 2,6 milhões de euros em oito anos no BCE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião