Governo autoriza 1,3 milhões para balcão virtual do Portugal 2020

  • Lusa
  • 27 Fevereiro 2019

De acordo com a portaria publicada em Diário da República, o Governo autorizou um investimento de 1,3 milhões de euros para desenvolver o balcão virtual do Portugal 2020.

O Governo autorizou, esta quarta-feira, um investimento de 1,3 milhões de euros, até 2022, para desenvolver o Balcão 2020, um balcão virtual de apresentação de candidaturas do programa de apoios comunitários Portugal 2020, segundo um diploma publicado esta manhã.

A portaria autoriza a Agência para o Desenvolvimento e Coesão a assumir encargos até 1,3 milhões de euros para a contratação de serviços que desenvolvam, implementem e mantenham o Balcão 2020, mas “na condição de ter financiamento europeu com candidatura aprovada e sujeito a financiamento máximo nacional de 319.800 euros”.

O Balcão 2020 é como um portal na internet, destinado ao público em geral onde pode consultar da informação sobre o Portugal 2020, o Quadro de Programação dos Fundos Estruturais para o Período de Programação 2014-2020.

Naquele balcão virtual é ainda possível o registo do beneficiário e o acesso a um conjunto de serviços de suporte aos processos de candidaturas e ciclo de vida das operações.

No diploma, publicado esta quarta-feira em Diário da República, o Governo enaltece o objetivo de manter e reforçar a centralização num ponto de acesso de toda a informação relevante para os beneficiários de operações integradas no Portugal 2020, independentemente da sua natureza, região de origem ou programa operacional em que se enquadra.

Comentários ({{ total }})

Governo autoriza 1,3 milhões para balcão virtual do Portugal 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião