Wall Street em queda. Emprego nos EUA estagnou

As principais praças norte-americanas estão em queda. A tecnologia é o setor mais penalizado, com o Nasdaq a cair mais de 1%.

Wall Street está em queda, preparando-se para fechar a semana com cinco sessões no vermelho pela primeira vez este ano. As preocupações com a desaceleração da economia global foram reavivadas na quinta-feira com as projeções do Banco Central Europeu (BCE) e foram exacerbadas por sinais de que o mercado de trabalho norte-americano está menos robusto que o esperado.

A tecnologia está a ser especialmente penalizada, com o índice Nasdaq a tombar 1,13% para 7.337,80 pontos. Já o industrial Dow Jones abriu a perder 0,83% para 25.262,62 pontos e o financeiro S&P 500 recua 0,80% para 2.727,03 pontos.

Foram criados apenas 20 mil empregos em fevereiro, face à expectativa de 180 mil dos economistas consultados pela Reuters. “Os números indicam que também estamos a sofrer a par da restante economia global. Os EUA têm sido a melhor casa de um bairro mau, mas talvez isso esteja a mudar”, afirmou Paul Nolte, gestor de portefólio da Kingsview Asset Management, à agência.

Além do mercado de trabalho norte-americano, foram conhecidos também dados da relação comercial entre EUA e China. As exportações para a China caíram 20,7% em fevereiro face ao mês homólogo, registando a maior queda em três anos. Já as importações também diminuíram, pelo terceiro mês consecutivo.

“Mostra que as tarifas na China estão a resultar, o que reforça os argumentos de Trump. Mas a China é um dos maiores players da economia global e está em dificuldades, o que é um dos fatores chave para a desaceleração do crescimento mundial”, acrescentou Nolte.

Os dados foram conhecidos depois de, na última sessão, as ações mundiais terem sido fortemente penalizadas pelas preocupações com o travão na expansão da economia mundial. O BCE cortou, na quinta-feira, as projeções para o produto interno bruto (PIB) da Zona Euro, esperando que cresça apenas 1,1% em 2019 e 1,6% em 2020 (contra os 1,7% que antecipava para ambos os anos).

Comentários ({{ total }})

Wall Street em queda. Emprego nos EUA estagnou

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião