Novo Banco procura arrendatários para dez edifícios em Lisboa

A GNB Gestão de Ativos, sociedade gestora de fundos imobiliários do Novo Banco, está à procura de arrendatários para dez imóveis na zona da Grande Lisboa, com áreas que podem chegar aos 9.750 m2.

A sociedade gestora de fundos de investimento imobiliário do Novo Banco quer ocupar dez imóveis que detém na zona da Grande Lisboa e, para isso, está à procura de arrendatários. Com áreas que podem chegar aos 9.750 metros quadrados, este portefólio de imóveis é considerado “uma das grandes referências do mercado” este ano, estando a maioria localizada no Corredor Oeste (eixo A5 Lisboa-Cascais), a zona mais ativa para instalar empresas.

O objetivo da GNB Gestão de Ativos é “aumentar a ocupação e performance dos imóveis e dos fundos que detém”, refere a sociedade gestora, em comunicado. Incluídos nesta carteira de ativos estão o Beloura 1, Beloura 13, Edifício Monsanto, Edifício Oriente, Parque Oriente, Taguspace – Da Vinci, Taguspace – Einstein e o Edifício Orange/Berry/Green.

Com áreas entre os 100 e os 9.750 metros quadrados, a maioria destes imóveis está localizada no Corredor Oeste, “que é o eixo mais ativo para a instalação de empresas no mercado de Lisboa”. Soma-se ainda a zona de Sacavém e do Parque das Nações, esta última considerada “um dos destinos preferidos para as grandes multinacionais na capital portuguesa e, consequentemente, um dos mais requisitados”, refere o documento,

No mesmo documento, enviado pela Worx — que comercializa estes edifícios em parceira com a JLL –, a consultora refere que “numa altura em que a escassez de oferta é nítida na capital, este portefólio de ativos será uma das grandes referências do mercado neste ano de 2019“.

“Acreditamos no potencial deste conjunto de edifícios e consideramos que, acompanhando o dinamismo do mercado, conseguimos satisfazer as necessidades de qualquer empresa, dentro deste portefólio. Adicionalmente, o Grupo está disponível a investir nos imóveis, o que é uma clara mais-valia“, diz Pedro Salema Garção, head of agency da Worx.

Comentários ({{ total }})

Novo Banco procura arrendatários para dez edifícios em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião