Mulher e irmão de Marcos Perestrello nomeados pelo Governo

  • ECO
  • 25 Março 2019

Tanto a mulher como o irmão do deputado socialista e ex-secretário de Estado da Defesa Marcos Perestrello desempenham cargos de nomeação governamental.

As relações familiares no Executivo de António Costa continuam a dar que falar. A Sábado (acesso livre) avança que a mulher e o irmão do ex-secretário de Estado da Defesa e atual deputado socialista Marcos Perestrello foram nomeados pelo Governo para os cargos que desempenham.

Sara Gil Perestrello, mulher do deputado, é chefe de gabinete da ministra da Cultura, Graça Fonseca, desde novembro do ano passado. E o irmão de Marcos Perestrello, Miguel Perestrello de Vasconcelos, foi nomeado pelo ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, para vogal da direção da Movijovem.

Ambos tinham já passado por cargos de nomeação governamental. Sara Gil Perestrello passou por vários gabinetes governamentais, entre os quais o de António Costa quando este era ministro da Justiça, e o de Graça Fonseca na Câmara de Lisboa. Já Miguel Perestrello trabalhou no Turismo de Portugal.

Para além destes casos, a Sábado adianta também que este Executivo nomeou por duas vezes a ex-mulher do socialista Sérgio Sousa Pinto. Anna Elisabet Bergström trabalhou como assessora internacional de Costa na Câmara de Lisboa, e foi nomeada adjunta do ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. Em 2017, António Costa indicou-a para a Missão Portugal In, uma estrutura criada por este Executivo.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mulher e irmão de Marcos Perestrello nomeados pelo Governo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião