Ponce Leão renuncia à NAV. Vai voltar para a Jerónimo Martins

  • ECO
  • 28 Março 2019

O gestor abandonou a presidência da NAV por questões de exclusividade. Diz que sai "com pena", mas também por "opção de voltar ao grupo" Jerónimo Martins.

Jorge Ponce de Leão vai regressar à Jerónimo Martins. O gestor renunciou este mês à presidência da NAV – Navegação Aérea de Portugal, cerca de um ano depois de ter assumido este cargo, para poder liderar a comissão de vencimentos da Jerónimo Martins, avança o Jornal de Negócios (acesso pago).

A justificar esta renúncia estão questões de exclusividade exigidas pelo estatuto de gestor público, explicou Ponce de Leão. Abandona a presidência da NAV “com pena” e “por uma imposição legal”, mas também por “uma opção de voltar ao grupo” Jerónimo Martins, ao qual está ligado desde 1975.

O mandato do atual Conselho de Administração da NAV terminou no final do ano passado mas, para poder ser eleito para a comissão de vencimentos da retalhista, na Assembleia Geral de 11 de abril, tinha de ter apresentado esta renúncia.

O Ministério das Infraestruturas e da Habitação já está à procura de um substituto para ocupar o posto “o mais rapidamente possível”. Se ninguém for escolhido até ao final de abril, os dois atuais vogais — Egídia Martins e Francisco Fernandes Gil — continuarão em funções.

Ponce de Leão assumiu a presidência da comissão de vencimentos da Jerónimo Martins neste mandato, mas renunciou ao cargo em janeiro do ano passado por obrigação de exclusividade devido à sua nomeação como administrador executivo da NAV.

Comentários ({{ total }})

Ponce Leão renuncia à NAV. Vai voltar para a Jerónimo Martins

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião