Jerónimo Martins quer entrar na Roménia

  • ECO
  • 1 Março 2019

O presidente executivo da retalhista, Pedro Soares dos Santos, diz que o grupo quer não só entrar na Roménia, mas apostar em novos mercados na América Latina, onde já tem presença através da Colômbia.

A Jerónimo Martins quer entrar em novos mercados. Segundo o presidente executivo, que fala em entrevista ao Jornal Económico (acesso pago), o grupo retalhista está a olhar para a Roménia e diz mesmo que há perspetivas de isso acontecer no prazo de dois anos. Na América Latina, a dona do Pingo Doce poderá expandir-se para Peru, Chile, México e Equador.

É na Roménia que queremos entrar“, declara Pedro Soares dos Santos. O CEO da Jerónimo Martins afirma que essa entrada poderá acontecer no prazo de dois a dois anos e meio e admite que poderá ser concretizada por via da aquisição.

“Atingimos uma dimensão na Polónia que, para continuarmos a ser uma companhia muito saudável, que vai permitir aos nossos fornecedores continuarem a crescer, temos de saltar a fronteira. A Europa Central é o que faz mais sentido para nós“, acrescenta Pedro Soares dos Santos.

O responsável antecipa ainda que a Roménia poderá acrescentar 10 milhões de consumidores à Jerónimo Martins, um número que é “considerável”.

Em Portugal, o grupo Jerónimo Martins prepara-se para a entrada de um novo concorrente, a espanhola Mercadona, bem como para as alterações ao grupo Dia, que está à venda, mas no qual a empresa liderada por Soares dos Santos não tem interesse.

Já na América Latina, o foco passa por mercados da Aliança do Pacífico. “Para a nossa aventura na América Latina, o mercado brasileiro está fora do eixo que escolhemos, que é o dos países da Aliança do Pacífico. É uma aliança muito mais estável económica, jurídica e politicamente, onde a iniciativa privada não é um problema. Nós já escolhemos o nosso caminho e os nossos investimentos canalizam-se para aí na área da distribuição. Estamos a falar do Peru, do Chile, do México e agora parece que se vai juntar o Chile“, afirma o CEO da Jerónimo Martins.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Jerónimo Martins quer entrar na Roménia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião