Entregar a casa ao banco para liquidar empréstimo? PS continua contra

  • ECO
  • 14 Abril 2019

A nova proposta de Lei de Bases da Habitação que está a ser preparada pelo PS não vai incluir a possibilidade da entrega da casa ao banco para liquidar o empréstimo à habitação.

O Partido Socialista (PS) está a preparar uma nova proposta de Lei de Bases da Habitação, mas a possibilidade de entregar a casa ao banco para liquidar o empréstimo à habitação em caso de incumprimento continuará fora da proposta final do partido, avança o Diário de Notícias.

“O PS não admite incluir essa proposta (de dação do imóvel). Ainda não chegámos a essa fase. Estamos ainda a discutir pormenores do texto de substituição”, disse ao DN Hugo Pires, deputado do PS e coordenador do grupo de trabalho da Lei de Bases da Habitação. “Mas não fez parte do nosso projeto inicial e não fará parte do nosso projeto de lei final, da nossa proposta de substituição”.

O novo documento estará a ser preparado por Helena Roseta: “O texto inicial está um bocadinho desatualizado porque é de abril do ano passado. A Assembleia da República aprovou vários diplomas. É preciso fazer ajustamentos porque a lei entretanto mudou“, disse a deputada, adiantando que o texto vai incluir as críticas recebidas, o resultado das audições do grupo de trabalho e os pareceres escritos.

Os partidos têm até 24 de abril para apresentarem alterações ou textos de substituição. O PS, Bloco de Esquerda e PCP já entregaram propostas de lei e outros três partidos vão apresentar propostas de alteração. As propostas serão todas votadas na especialidade e resultarão num texto final que irá ser submetido a plenário, até ao final de maio.

A entrega da casa ao banco para saldar a dívida é uma medida que também preocupa o Banco de Portugal (BdP) e a Associação Portuguesa de Bancos (APB). Contudo, ambas as entidades admitem que pode vir a justificar-se, havendo exceções em situações de crise ou de famílias carenciadas.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Entregar a casa ao banco para liquidar empréstimo? PS continua contra

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião