Quer viver no centro histórico de Lisboa? Candidaturas até dia 6 de junho

  • Lusa
  • 10 Maio 2019

As candidaturas para o programa que disponibilizará 50 fogos municipais em Lisboa já estão abertas e decorrem até ao próximo dia 6 de junho.

As candidaturas à segunda edição do programa “Habitar o Centro Histórico”, que disponibilizará 50 fogos municipais em Lisboa e se estende às freguesias de Arroios e Estrela, já estão abertas e decorrem até ao dia 6 de junho. Este programa foi criado para responder à pressão imobiliária que atinge estes moradores desde a entrada em vigor da “lei das rendas” e o crescimento do turismo, destinando-se especificamente aos moradores em risco comprovado de perda de habitação.

Na primeira edição do programa — em que foram atribuídas 66 casas das 100 disponíveis — estavam apenas abrangidas as freguesias de Santo António, Santa Maria Maior, São Vicente e Misericórdia, na zona histórica da cidade.

A bolsa de fogos disponível para o primeiro concurso do centro histórico não foi utilizada na sua totalidade, permitindo assim, com mais património disponibilizado nas zonas de Arroios e Estrela, abrir um segundo concurso mais abrangente.

Segundo fonte oficial da autarquia, as candidaturas podem ser feitas online, nas juntas de freguesia envolvidas ou na loja do município do Campo Grande. A Câmara de Lisboa disponibilizou ainda, para o esclarecimento de dúvidas, o número de telefone 217989578 e o email habitarcentrohistorico@cm-lisboa.pt.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Quer viver no centro histórico de Lisboa? Candidaturas até dia 6 de junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião