Dados económicos melhores que o esperado dão força a Wall Street

Números da construção de casas novas e dos novos pedidos de subsídio de desemprego foram melhores que o esperado e geraram otimismo em Wall Street, juntamente com os resultados da Cisco e do Walmart.

Nova Iorque está em alta, impulsionada por dados da economia norte-americana que foram melhores que o esperado e pelos resultados da Cisco e do Walmart, apesar de Donald Trump ter dado mais um passo no confronto comercial com a China ao adicionar a Huawei à lista negra de entidades com atividades que vão contra os interesses norte-americanos.

Depois de dois dias a recuperar as perdas derivadas da escalada na tensão entre os EUA e a China, Wall Street apresenta mais uma sessão com ganhos. O índice industrial Dow Jones sobe 0,34%, o S&P 500 ganha 0,23% e o tecnológico Nasdaq avança 0,10%.

A ajudar aos mercados norte-americanos está o facto de o Departamento do Comércio ter vindo dar conta de um crescimento acima do esperado na construção de casas novas em abril e ainda uma queda no número de pedidos de subsídio de desemprego na semana passada, também melhor que as expectativas.

A tecnológica Cisco e o gigante do retalho Walmart também apresentaram resultados melhores que o esperado, motivando otimismo em Nova Iorque. A Cisco disse em comunicado que as perdas que podem ser imputadas ao conflito comercial com a China foram mínimas e que já fez alterações na origem dos fornecedores para se proteger. Já o Walmart deixou um aviso os consumidores: os preços vão aumentar devido ao aumento das taxas sobre as importações.

Apesar de a recuperação continuar, Donald Trump tomou mais uma decisão que pode aumentar a tensão na disputa comercial com a China e afetar os mercados. O presidente dos Estados Unidos decidiu invocar a situação de “emergência nacional” para colocar a tecnológica chinesa Huawei na lista negra do Departamento do Tesouro, deixando-a sem acesso a componentes fornecidos por empresas norte-americanas.

Comentários ({{ total }})

Dados económicos melhores que o esperado dão força a Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião