Municípios portugueses já receberam 3,1 milhões de Bruxelas para alargar rede Wi-Fi

Mais de 200 municípios portugueses já receberam vales da iniciativa de Bruxelas que promove a instalação de pontos de Wi-Fi em locais públicos.

Os municípios portugueses pediram, a Comissão Europeia respondeu. Dois terços dos municípios do país já receberam vales de Bruxelas para alargar a cobertura Wi-Fi em locais públicos, como parques de diversões, centros de saúde, museus ou bibliotecas, ao abrigo do programa WiFi4EU. Está em causa uma verba de 3,1 milhões de euros.

Aos 127 municípios contemplados na primeira chamada, que se realizou no final do ano passado, juntaram-se 80 na segunda chamada, elevando o total para 207 municípios, adianta a Anacom em comunicado. Em conjunto, representam 67% dos municípios portugueses. O financiamento que receberam serve para cobrir os custos de equipamento e instalação do sistema de Wi-Fi.

Mais de metade dos municípios portugueses que se candidataram garantiram um vale, nesta segunda chamada. Cada um tem o valor de 15 mil euros e a verba total disponibizada pela Comissão Europeia era de 51 milhões de euros. Desta forma, apesar de o programa ter recebido mais de dez mil candidaturas de Estados-membros, foram atribuídos 3.400 vales.

Mesmo assim, ainda há hipótese de mais municípios serem contempladas, já que as verbas para esta iniciativa foram reforçadas, passando de 120 milhões para 135 milhões de euros. Na União Europeia 6.200 municípios já garantiram vales, e o objetivo é que se chegue aos nove mil municípios.

Comentários ({{ total }})

Municípios portugueses já receberam 3,1 milhões de Bruxelas para alargar rede Wi-Fi

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião