Visabeira vende 70 milhões em imobiliário e fica com a Pharol

  • ECO
  • 27 Maio 2019

O grupo liderado por Nuno Miguel Marques tem 70 milhões em ativos imobiliários em Portugal para venda. Já quanto à participação na Pharol, a Visabeira pretende mantê-la, pelo menos "para já".

O grupo Visabeira prossegue com a sua “política de reorganização e racionalização de recursos”, focado em tornar-se o maior prestador de serviços europeu de telecomunicações no próximo ano, mas sem perder de vista a cerâmica e cristalaria ou a hotelaria.

Neste momento, depois de ter vendido o negócio da saúde por 22,8 milhões de euros, “o que está em carteira com possibilidade de ser alienado são alguns ativos imobiliários”, avançou Nuno Miguel Marques, CEO da Visabeira, em declarações ao Jornal de Negócios (acesso pago). “Na nossa contabilidade, temos cerca de 70 milhões de euros de ativos imobiliários em Portugal para venda”, continuou, sem dar mais pormenores.

“Naturalmente que, sendo um grupo económico que está presente em diversos setores de atividade, estamos sempre atentos a potenciais aquisições para potenciais crescimentos, ou potenciais alienações”, disse o CEO da Visabeira.

Quanto à participação na Pharol, Nuno Miguel Marques diz que pretende “mantê-la” e esperar que “valorize”. “É uma participação que está detida para venda, mas, neste momento, não está nos nossos planos vender a Pharol de forma intensa”, afirmou. Manter este ativo financeiro em carteira, pelo menos “para já”, tem “sempre potencial de valorização”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Visabeira vende 70 milhões em imobiliário e fica com a Pharol

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião