Preço dos imóveis comerciais regista maior subida desde 2010

  • ECO
  • 29 Maio 2019

O preço das propriedades comerciais "aumentou 4,9% em 2018, mais 1,6 pontos percentuais que em 2017".

Os preços dos imóveis comerciais estão a aumentar. Crescem menos que os habitacionais, mas a subida tem sido constante, tendo em 2018 a valorização sido a mais expressiva desde 2010, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Enquanto o preço das casas para habitação registou uma valorização de 10,3%, o preço das propriedades comerciais “aumentou 4,9% em 2018, mais 1,6 pontos percentuais que em 2017″, refere o documento. “Desde 2016, os preços das propriedades comerciais têm vindo a crescer menos que os das propriedades residenciais”.

Ainda assim, nota o INE, este “foi o aumento de preços mais elevado desde 2010 e o segundo ano consecutivo em que houve uma aceleração dos preços das propriedades comerciais”. O índice de preços medido pelo INE atingiu, assim, os 129,03.

2018 ficou marcado por várias operações no mercado de imóveis comerciais. No conjunto, os negócios neste segmento atingiram os 3,3 mil milhões de euros, alcançando assim um valor recorde.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Preço dos imóveis comerciais regista maior subida desde 2010

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião