Governo trava mais uma greve. Trabalhadores da Soflusa já não param

O Governo travou a greve dos trabalhadores da Soflusa, que pediam o reconhecimento das carreiras e a contratação de novos profissionais.

O Governo travou mais uma greve, desta vez dos trabalhadores da Soflusa. O acordo foi alcançado esta sexta-feira, depois de uma reunião entre o sindicato representativo dos mestres da Soflusa — Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante (STFCMM) — e o Governo. Em causa estava o reconhecimento das carreiras e contratação de novos profissionais.

As negociações correram bem e chegámos a um entendimento, também com o envolvimento do secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade”, começou por dizer Pedro Mateus, porta-voz dos mestres da Soflusa, em declarações aos jornalistas à saída da reunião.

Houve o reconhecimento da categoria profissional e um acordo para a entrada de mais profissionais de outras categorias — mestres e marinheiros. O resultado foi no sentido de desconvocar as formas de luta que estavam em cima da mesa”, explicou, referindo-se às três greves que estavam convocadas.

Além disso, houve ainda consenso no que diz respeito aos prémios dos mestres, que não recebiam um aumento há 14 anos, explicou o responsável. “Achavamos que era justo. As negociações decorriam há mais de um ano e meio”. Questionado sobre o valor desses prémios, referiu apenas que “foi aquele sobre o qual foi possível chegar a um entendimento”.

Os mestres da Soflusa tinham agendado três greves para a próxima semana — uma greve parcial de três horas por turno, outra pela contratação de novos profissionais e uma terceira às horas extraordinárias, que se deve prolongar até final do ano, devido à “falta de profissionais”. Pedro Mateus referiu que com este acordo, “garantidamente, amanhã, as coisas vão normalizar”.

(Notícia atualizada às 18h37 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Governo trava mais uma greve. Trabalhadores da Soflusa já não param

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião