Nova greve na Soflusa entre 3 e 7 de junho

  • ECO
  • 24 Maio 2019

"O grupo dos mestres decidiu um novo período de paralisações entre 3 a 7 do mês que vem”, afirmou Carlos Costa, do Sindicato de Trabalhadores Fluviais.

Os mestres das embarcações da Soflusa, que faz a travessia do Tejo entre o Barreiro e Lisboa, marcaram uma nova greve. Agendaram uma nova paragem para o período entre 3 e 7 de junho, avança a Renascença (acesso livre) nesta sexta-feira.

“O grupo dos mestres decidiu um novo período de paralisações entre 3 a 7 do mês que vem”, afirmou Carlos Costa, do Sindicato de Trabalhadores Fluviais àquela rádio.

Na motivação desta nova paragem estão as queixas dos trabalhadores de que a empresa não dá resposta às suas pretensões há mais de um ano. A falta de profissionais é uma das principais queixas dos trabalhadores da empresa que liga as duas margens do rio Tejo, que estão em greve até esta sexta-feira.

Em causa está uma greve parcial de três horas por turno, pela contratação de novos profissionais. Decorre também uma greve às horas extraordinárias, que se deve prolongar até final do ano, devido à “falta de profissionais”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nova greve na Soflusa entre 3 e 7 de junho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião