Amorim vai vender 3,46% do capital da Corticeira. Quer aumentar liquidez em bolsa

Operação de dispersão deverá acontecer esta quarta-feira. Esta é a segunda vez que é usada pelo grupo para aumentar a liquidez dos títulos já que em 2016 tinha sido realizada uma operação semelhante.

A Investmark Holdings, sociedade de direito holandesa ligada ao Grupo Amorim e segundo maior acionista da Corticeira Amorim, vai alienar até 3,46% do capital da empresa. A operação que será realizada através de uma venda privada a investidores institucionais e tem como objetivo libertar free float da empresa.

A Investmark Holdings, detentora de 18.325.157 ações representativas de 13,78% do capital social da Corticeira Amorim “informa ter decidido lançar uma Oferta Particular de Venda de ações representativas de capital social da Corticeira Amorim nos termos da qual admite vender até 4.600.000 ações representativas de até 3,46% do capital social da Corticeira Amorim”, anunciou a cotada, em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A participação na Corticeira Amorim é o único investimento da sociedade Investmark Holdings, que é detido de forma indireta pelo grupo. Esta é a segunda vez que é usada pelo grupo para aumentar a liquidez dos títulos já que em 2016 tinha sido realizada uma operação semelhante.

“Com a oferta, a oferente visa contribuir para o reforço do nível de dispersão do capital social da Corticeira Amorim, indo de encontro ao crescente interesse manifestado por investidores, nacionais e internacionais, assim potenciando a liquidez do título e fomentando uma maior representatividade do título no PSI-20, em linha com a contribuição dada pela referida sociedade à economia portuguesa”, acrescenta o comunicado.

As ações da corticeira fecharam esta terça-feira a valer 10,18 euros no PSI-20, com uma desvalorização de 0,78% face à sessão anterior. A operação de dispersão deverá acontecer esta quarta-feira e os resultados serão conhecidos posteriormente. A JB Capital Markets vai atuar como sole bookrunner.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Amorim vai vender 3,46% do capital da Corticeira. Quer aumentar liquidez em bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião