Proposta de moeda alternativa volta a circular em Itália

Ideia de criar uma nova moeda nacional está a ganhar forma em Itália, depois de um voto indicativo sobre a proposta no Parlamento

A ideia de criar uma nova moeda nacional está a ganhar forma em Itália, depois de um voto indicativo sobre a proposta no Parlamento italiano. Numa altura em que o país se encontra em discussões com a Comissão Europeia sobre défices excessivos, o partido de Matteo Salvini lança a ideia de utilizar uma nova “moeda”, cuja fase inicial tomaria a forma de pequenas emissões de dívida.

Esta possibilidade faz crescer preocupações de uma saída do Euro por parte da Itália, escreve o Financial Times (acesso condicionado/conteúdo em inglês). Para acalmar receios, que se sentiram também na bolsa italiana, o Tesouro veio clarificar, na semana passada, que o Governo não tem planos de avançar com os “mini-bilhetes de Tesouro”.

A proposta da Liga, partido de Salvini, envolveria a criação de um novo tipo de bilhete do Tesouro que poderia ser usado pelo Governo para pagar dívidas a negócios comerciais, ou pelos cidadãos para pagar impostos. Com esta dimensão haveria espaço para crescer para uma moeda nacional paralela, separada do euro.

Esta medida estava já inscrita no programa eleitoral da Liga, bem como no acordo de coligação do partido com o Movimento 5 Estrelas. Mas a ideia de introduzir uma moeda paralela no país não é nova, sendo que, em 2017, Silvio Berlusconi, antigo primeiro-ministro italiano, também a sugeriu. Contudo, a proposta foi rejeitada pela Comissão Europeia.

Tendo em conta a posição do Tesouro italiano, não é provável que a medida seja aplicada nos próximos tempos. Mesmo assim, a aprovação de uma moção que urgia ao Governo a considerar utilizar este sistema para pagar dívidas aos fornecedores, que não tem ainda valor legislativo, no Parlamento sinaliza um fortalecimento dos eurocéticos no país, apontam analistas à publicação. Uma posição que estava já cimentada com a vitória de Salvini nas eleições europeias, por cerca de 34%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Proposta de moeda alternativa volta a circular em Itália

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião