Lisboa sobe pela quinta sessão. BCP puxa pela bolsa

A praça nacional está a valorizar pela quinta sessão consecutiva, acompanhando a tendência das restantes bolsas da Europa.

Lisboa soma e segue. Depois de semanas de quedas acentuadas, a praça nacional está a valorizar pela quinta sessão consecutiva, acompanhando a tendência das restantes bolsas da Europa. A puxar pelo índice de referência nacional está a valorização de quase 2% das ações do BCP.

O PSI-20 iniciou a semana com um ganho de 0,17%, mas a tendência positiva tem vindo a acentuar-se ao longo da sessão, com o índice a somar 0,3% para 5.157,93 pontos, um máximo de um mês. Na Europa, o Stoxx 600 ganha 0,21% com os investidores a aliviados com o recuo de Trump na decisão de impor tarifas ao México.

Na praça portuguesa, o destaque vai para o BCP. O banco liderado por Miguel Maya apresenta uma valorização de 1,66% para 25,75 cêntimos, isto antes de pagar o dividendo referente aos resultados de 2018.

Pharol, Mota-Engil e CTT apresentam igualmente subidas acentuadas, numa sessão em que a Jerónimo Martins soma 0,03%, enquanto a Galp Energia avança 0,22% para 13,675 euros.

No setor energético, enquanto a Galp sobe, a EDP e a EDP Renováveis estão em queda, impedindo uma subida mais expressiva da bolsa nacional. A elétrica liderada por António Mexia apresenta a descida mais acentuada, de quase 1%, para cotar nos 3,44 euros.

Comentários ({{ total }})

Lisboa sobe pela quinta sessão. BCP puxa pela bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião