Abreu Advogados tem nova ‘sede digital’

  • ADVOCATUS
  • 12 Junho 2019

A Abreu Advogados mudou de sede, não a física, mas a digital, e tem também uma nova identidade visual.

A Abreu Advogados tem uma nova ‘sede digital’ (em abreuadvogados.com) e uma identidade visual que antecipa um novo ciclo de mudança, a olhar para áreas como a inteligência artificial, a indústria 4.0 e uma nova geração de profissionais.

Para o managing partner da sociedade, Duarte de Athayde, “a nova ‘sede digital’ e a identidade visual traduz a nossa forma de estar na advocacia. Mais do que um logótipo, trata-se de uma cultura de colaboração que está focada no futuro”. A nova identidade tem a assinatura da agência criativa VMLY&R Branding e é o resultado de um detalhado processo de pesquisa e testes para, a partir de agora, ser encontrada nos diferentes canais de contacto da marca com os seus públicos.

Para Hélder Pombinho, Creative Director da VMLY&R Branding, “o desafio foi abrir esta ideia e criar uma identidade que derruba as barreiras entre os advogados e o mundo. Porque acreditamos que o mundo melhora com mais advocacia e a advocacia melhora com mais mundo”.

A nova plataforma online, desenvolvida em Parceria com a Wunderman, permite que o público em geral tenha uma navegação mais dinâmica pelo conhecimento adquirido pela sociedade.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Abreu Advogados tem nova ‘sede digital’

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião