Direto “Não queremos uma Lei de Bases da Saúde para fazer campanha eleitoral”, diz Costa

O último debate quinzenal da legislatura foi marcado por divisões entre Governo e BE na Lei de Bases da Saúde e também na legislação laboral. Costa pediu à AR que aprove o cadastro para todo o país.

O Governo escolheu o ambiente e a valorização do território como temas principais para lançar o último debate quinzenal da legislatura. Estes dois assuntos ganharam uma relevância especial depois dos incêndios de há dois anos, mas também perante as consequências das alterações climáticas no mundo. Na semana passada, o secretário-geral da ONU, António Guterres, foi capa da revista Time vestido de fato e gravata mas com água até aos joelhos para destacar as ameaças que alguns países já sofrem com a subida das águas e o aquecimento global. Mas foram as divergências entre BE e Governo na Lei de Bases da Saúde e na legislação laboral que marcaram a discussão parlamentar, com António Costa a mostrar-se mais próximo do PCP e e até do PAN que dos bloquistas. Veja como foi.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Não queremos uma Lei de Bases da Saúde para fazer campanha eleitoral”, diz Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião