The Plum Guide: A plataforma com “as melhores casas de férias do mundo” chega a Lisboa

  • ECO
  • 1 Julho 2019

A plataforma The Plum Guide seleciona as melhores casas de cada cidade e disponibiliza-as para arrendamento de curto prazo. Chega agora a seis novas cidades, incluindo Lisboa.

Lisboa continua a somar pontos e, ao que parece, tem das melhores casas de férias do mundo. A The Plum Guide vem, agora, juntar-se às muitas multinacionais que já aterraram na capital portuguesa para transformar as “melhores casas” em arrendamento de curta duração. Lisboa é um “destino em alta e em franco crescimento”, diz o fundador, que definiu como objetivo ter os 1.000 melhores imóveis nas 50 cidades de todo do mundo.

No verão de 2014, Doron Meyassed fundou a plataforma após ter reservado uma viagem de última hora para Telavive pelo Airbnb e se deparou com uma casa “excecional”, ao fim de várias experiências consideradas aceitáveis, conta em comunicado. “Comecei a perguntar-me: quantos destes “artesãos” estarão escondidos nas profundezas da economia partilhada? Haverá muitos?”

Nascia, assim, a The Plum Guide em 2015, uma plataforma que procura, essencialmente, resolver o problema da falta de controlo de qualidade, enfrentado por cada pessoa quando tenta reservar uma habitação longe de casa.

Juntamente com um “exército de especialistas”, Meyassed “avalia todas as casas do planeta e aceita apenas as melhores 1%”, uma espécie de Guia Michelin ou um Best Seller List do The New York Times, diz, mas para casas de férias. O processo de avaliação passa pela visita presencial a cada imóvel e um teste de duas horas com mais de 150 critérios diferentes, desde a proximidade a cafés, à velocidade do wifi.

“Lisboa é um destino em alta”, diz CEO

Depois de Londres — onde nasceu –, a The Plum Guide chegou a Paris, Milão, Roma, Nova Iorque e Los Angeles. Mas este verão vai estar disponível em mais seis cidades: Barcelona, Berlim, Copenhaga, Madrid, Telavive e Lisboa. “O nosso objetivo é ter as 1.000 melhores casas nas 50 cidades de topo do mundo e isso aplica-se também a Lisboa. Uma vez alcançado esse objetivo, será ‘uma entrada, uma saída’, para garantirmos a manutenção de uma seleção apenas com as melhores casas disponíveis em cada cidade”, diz o fundador e CEO.

Meyassed diz adorar Portugal e ter “uma paixão muito especial” por Lisboa, cidade que descobriu há alguns anos e que classifica de “mágica”. A entrada na capital portuguesa deveu-se a vários fatores, tais como o número de casas disponíveis e a qualidade das mesmas. Mas o fator importante foi o mercado-alvo, a que chama de criativo urbano, constituído por pessoas entre os 35 e os 55 anos que tendem a trabalhar nas indústrias criativas. “Nestes circuitos, Lisboa é um destino em alta e em franco crescimento”, sublinha.

Das 300 mil casas aprovadas pela equipa até ao momento, já foram aceites mais de 5.000 para a plataforma. Desde a sua criação, o site da The Plum Guide já recebeu mais de três milhões de visitantes, a maioria dos Estados Unidos (40%), Reino Unido (18%) e Austrália (15%). Apesar disso, 25% de todas as reservas resultam do “boca-a-boca”, enquanto 13% são reservas de hóspedes que já experimentaram o serviço.

Comentários ({{ total }})

The Plum Guide: A plataforma com “as melhores casas de férias do mundo” chega a Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião