Ex-UBS pede indemnização de 100 milhões de euros ao Santander

  • ECO
  • 3 Julho 2019

Andrea Orcel era a escolha para CEO do Santander. Contudo, o banco recuou depois de saber que teria de lhe pagar uma indemnização de 50 milhões para compensar a sua saída do UBS

Andrea Orcel passou das palavras aos atos. O ex-UBS abriu uma batalha legal contra o Santander depois de o banco espanhol ter recuado na decisão de o contratar para CEO. O banqueiro italiano está a pedir uma indemnização de mais de 100 milhões de euros ao Santander, avança o El Confidencial nesta quarta-feira, estando em causa a alegação de violação de contrato. A quantia exigida é o dobro quando comparada com os 50 milhões de euros que o Santander teria de lhe pagar para compensar a a saída do UBS e motivou a desistência do banco espanhol.

Aquilo que Orcel reivindica é que o contrato com o Santander seja cumprido e que caso contrário lhe seja então paga uma indemnização de mais de 100 milhões. O valor exigido inclui os salários que este deixou de receber do UBS e que poderia ter auferido do Santander, adiantaram fontes próximas ao jornal espanhol.

O recuo na contratação de Orcel foi anunciada pelo próprio Santander a 15 de janeiro deste ano, gerando surpresa no setor financeiro. A instituição financeira espanhola que quatro meses antes tinha anunciado a assinatura do contrato com o italiano justificava o recuo na decisão com o “custo inaceitável” que representaria a indemnização de 50 milhões de euros. O banco liderado por Ana Botín acreditava que caberia ao UBS assumir o cumprimento financeiro da cláusula contratual, algo que o banco suíço rejeita.

No seguimento do recuo na decisão de contratar Andrea Orcel, o Santander acabou por reconduzir José Antonio Álvares como CEO e atrasar ainda a apresentação do seu plano estratégico.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ex-UBS pede indemnização de 100 milhões de euros ao Santander

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião