Cinco dicas para fazer brilhar o seu CV

  • Ricardo Vieira
  • 18 Julho 2019

O currículo é, em muitos casos, o seu primeiro contacto com a empresa. Conseguir fazer com que se destaque entre centenas de candidatos requer algum trabalho.

Quer esteja à procura do primeiro emprego ou queira mudar de empresa, o curriculum vitae (CV) é provavelmente a forma mais eficaz de conseguir um primeiro contacto com as empresas. Mas condensar conhecimentos adquiridos e experiência profissional, ressaltando as características mais importantes para a posição a que se candidata pode não ser assim tão simples. A pensar nisso, a Adecco selecionou as cincos dicas mais importantes para organizar o seu CV:

  1. Personalize o CV
    Para fazer com que os recrutadores reparem no seu CV é preciso “destacar exatamente o que estão a procurar e esquecer os currículos massificados e impessoais que são enviados para todos. Se, por exemplo, uma empresa precisar de um web developer com três anos de experiência em Visual Basic e a sua experiência e conhecimentos responderem a esse pedido, coloque-o no sumário e reveja os projetos que desenvolveu com essa linguagem de programação para poder exemplificar”, refere a consultora.
  2. Seja conciso
    Os recrutadores analisam centenas de currículos por dia. Portanto, se se alongar muito no seu, é provável que não haja tempo para que seja totalmente analisado. É, por isso, importante perceber que informações devem constar e quais deve optar por não incluir. Por exemplo, refere a Adecco, “se tirou formações especificas na área, mas que hoje são considerados mais obsoletos por falta de “uso” das mesmas a nível prático, mencione como conhecimento técnico que agrega valor ao seu currículo, mas não deve alongar-se muito nelas.
  3. Mostre que não é um robô
    É necessário que o curriculum mostre um pouco da pessoa por trás. É importante que seja sucinto mas, ao mesmo tempo, que dê a conhecer quem é. “Portanto, pode ser útil desenvolver com frases completas algumas das funções que desenvolveu nos seus últimos trabalhos, bem como os cursos ou workshops que participou. Certamente dizem muito sobre si!”
  4. Estruture as informações
    “Para tornar a sua vida mais fácil, pode começar o seu CV com um sumário, no qual sintetiza as suas conquistas profissionais e as suas competências técnicas. Idealmente, à medida que avançamos no ponto 1, tanto as suas conquistas quanto as suas competências estão diretamente relacionadas aos requisitos da oferta. Se assim for, em menos de um minuto terá conseguido o mais difícil: atrair a atenção.”
    Esta é a melhor forma de organizar a informação porque, a partir daí, “pode continuar com a sua experiência profissional (da mais recente à menos recente), destacando, por um lado, as funções desempenhadas na posição e, por outro lado, as tecnologias utilizadas para desenvolvê-las. A formação também é muito importante, mas não o mais relevante. Hoje o ritmo é tão intenso que a aprendizagem deve ser continua, e, portanto, qualquer recrutador perceberá que, atualmente, está ciente das tecnologias mais inovadoras”.
  5. Destacar competências técnicas
    “As competências técnicas são a alma de qualquer CV, então deve destacá-las acima de tudo, explicando como ajudaram a desenvolver os seus projetos e alcançar as suas conquistas”. Mas há empresas que procuram também outras skills: “pensamento analítico, trabalho em equipa, resolução de problemas complexos ou capacidade de aprendizagem e a inteligência emocional são alguns dos mais exigidos”.

Comentários ({{ total }})

Cinco dicas para fazer brilhar o seu CV

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião