Memorandos com privados já estão assinados. Tabelas da ADSE chegam a meio do mês

Apesar dos vários prazos indicados nos últimos meses, as tabelas da ADSE ainda não foram entregues. O conselho diretivo garante que será mesmo em agosto.

Com os memorandos que determinam a forma como são feitas as negociações com os prestadores privados de saúde já assinados, o caminho para a apresentação das tabelas de preços da ADSE está a chegar ao fim. Serão entregues aos prestadores no meio do mês de agosto.

Depois de inúmeros prazos ultrapassados, já desde abril deste ano, Eugénio Rosa, vogal do conselho diretivo da ADSE, diz ao ECO que é mesmo desta. O processo de elaboração das tabelas, que deverão acabar com as regularizações, determinando preços fechados, já está na fase final.

Foi no final de fevereiro que a presidente do conselho diretivo, Sofia Portela, disse no Parlamento que as novas tabelas seriam apresentadas “dentro de muito pouco tempo”. Quase seis meses depois, os prestadores, bem como o Conselho Geral e de Supervisão da ADSE vão finalmente ter acesso ao documento que determina os preços para o regime convencionado.

O conselho consultivo vai receber as tabelas antes dos prestadores, refere Eugénio Rosa. João Proença, presidente do CGS, também indicou ao ECO que o prazo transmitido foi o de meados de agosto. Os memorandos já foram assinados com os privados, na semana passada, permitindo as negociações avançar. Estes memorandos definem os princípios básicos para a alteração das tabelas dos regimes livre e convencionado.

Comentários ({{ total }})

Memorandos com privados já estão assinados. Tabelas da ADSE chegam a meio do mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião