Eddie Wilson substitui Michael O’Leary na presidência da Ryanair

  • Lusa
  • 30 Agosto 2019

O até agora diretor de recursos humanos da companhia aérea low-cost passa a presidente executivo da empresa irlandesa.

O até agora diretor dos recursos humanos da Ryanair, Eddie Wilson, assume a presidência executiva da companhia aérea irlandesa a partir de 1 de setembro, substituindo Michael O’Leary, que se mantém à frente da Ryanair Holdings.

Numa nota interna enviada aos trabalhadores da operadora ‘low-cost’, a que a Efe teve acesso, O’Leary anunciou que o seu substituto irá assumir o cargo “imediatamente”, embora esteja programado um “processo de transição” de três meses.

O’Leary desejou a Wilson, que entrou na Ryanair em 1997, “êxito” no novo cargo, numa altura em que a empresa enfrenta “tempos muito difíceis”.

O até agora presidente da Ryanair citou ainda a saída do Reino Unido da União Europeia (‘Brexit’), prevista para 31 de outubro, assim como os atrasos na entrega dos Boeing MAX como dois dos desafios com os quais o seu substituto terá de lidar.

Sublinhou que a Ryanair viu-se obrigada a fechar ou redimensionar algumas bases para “acomodar o facto” de ter menos 30 aviões do que o previsto este inverno e “provavelmente o mesmo número, ou mais, no próximo verão”.

Na semana passada, a Ryanair anunciou que irá encerrar em 8 de janeiro de 2020 as suas bases nos aeroportos espanhóis da Gran Canária, Sul do Tenerife, Lanzarote e Gernoa, e que irá despedir coletivamente 512 pessoas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Eddie Wilson substitui Michael O’Leary na presidência da Ryanair

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião