Sondagens: Fosso entre PS e PSD foi de 13, mas já chegou a 19 pontos

Quando António Costa chegar ao frente-a-frente com Rui Rio, chegará com uma vantagem muito confortável nas sondagens. Desde final de julho, média das sondagens dá vantagem de 17 pontos ao PS.

António Costa tem falado consistentemente contra a possibilidade ter maioria absoluta nas próximas eleições, dizendo que estas não se pedem e que os portugueses têm má memória desses períodos, mas chegará muito confortável na frente das sondagens ao primeiro debate com o líder do maior partido da oposição, Rui Rio.

Desde julho que têm sido publicados várias sondagens e há resultados para todos os gostos. No entanto, há uma característica que é consistente: o PS tem uma vantagem considerável sobre o PSD, o segundo partido que recolhe mais intenções de voto.

Essa vantagem já foi de pouco mais de 13 pontos, e também já atingiu os 19 pontos, quando uma sondagem do ISCTE/ICS para a SIC/Expresso apontaram para um resultado de 42% para o Partido Socialista nas legislativas de 6 de outubro.

Numa média de sete sondagens realizadas desde o final de julho, o PS tem uma vantagem superior a 17 pontos sobre o PSD, superando os 39% e ficando muito perto da maioria absoluta.

Já o PSD, depois de vários resultados a colocar o partido de Rui Rio nos 20%, o partido conseguiu arrancar um pouco mais, mas nunca passando dos 23%. Em média, o PSD tem recolhido 22% das intenções de voto.

O terceiro partido é o Bloco de Esquerda, que tem conseguido recolher em média 10,4% das intenções de voto, em linha com o resultado conseguido em 2015, seguido (mas não de perto) pela coligação que junta o PCP e Os Verdes, que recolhe apenas 6,7% das intenções de voto.

O CDS-PP ainda é o quinto partido, com uma média de 5,1% das intenções de voto, mas já tem o PAN a seguir de muito perto, com 4,5% (houve pelo menos duas sondagens em que o PAN ultrapassava o CDS-PP nas intenções de voto).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sondagens: Fosso entre PS e PSD foi de 13, mas já chegou a 19 pontos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião