Julgamento de ex-líder da Nissan deve começar em abril

  • Lusa
  • 21 Setembro 2019

Carlos Ghosn enfrenta quatro acusações, duas das quais (relativas a remunerações não declaradas) envolvem também o seu ex-colaborador Greg Kelly e o construtor automóvel Nissan.

A primeira audiência pública do julgamento no Japão de Carlos Ghosn, ex-líder da Nissan, está prevista para abril de 2020, indicou este sábado uma fonte à AFP, confirmando uma informação da agência japonesa Kyodo. A data ainda não está definitivamente marcada, mas, segundo a Kyodo, “o tribunal de Tóquio quer organizar até três audiências por semana a partir de 21 de abril”.

“É isso que está no calendário distribuído pelo tribunal”, disse à AFP fonte próxima do dossiê, sem poder adiantar mais detalhes. Está previsto que sejam também ouvidos antigos e atuais responsáveis da Nissan, segundo a Kyodo.

Carlos Ghosn enfrenta quatro acusações, duas das quais (relativas a remunerações não declaradas) envolvem também o seu ex-colaborador Greg Kelly e o construtor automóvel Nissan.

É também acusado de “abuso de confiança agravado” devido a alegadas transferências de fundos para intermediários da Nissan na Arábia Saudita e Omã, alguns dos quais seriam utilizados para investimentos pessoais.

Ex-líder da Nissan, da Renault e da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi Motors, Ghosn foi detido em novembro de 2018 e libertado sob caução na primavera passada, estando atualmente em prisão domiciliária em Tóquio, com a proibição de ver ou contactar a mulher, condições que os seus advogados contestam.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Julgamento de ex-líder da Nissan deve começar em abril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião