Portuguesa Hipogest lança negócio de mototurismo nos Estados Unidos

  • Lusa e ECO
  • 25 Setembro 2019

A Hipogest permite alugar motos BMW Motorrad em "tours" que podem incluir guia, alojamento e alimentação. Vai expandir-se para Las Vegas e Riverside num investimento de 8 milhões de dólares.

A empresa portuguesa Hipogest lança esta terça-feira nos Estados Unidos o negócio de mototurismo Hertz Ride, num investimento de oito milhões de dólares (7,3 milhões de euros) a três anos. “Route 66” é uma das “tours” disponíveis.

O responsável da empresa escolheu Las Vegas, no Nevada, e Riverside, na Califórnia, para as localizações de arranque da ideia criada em Portugal, que permite alugar motos BMW Motorrad em “tours” que podem incluir guia, alojamento e alimentação. Entre os primeiros roteiros disponíveis estão a icónica “Route 66”, que liga Chicago a Los Angeles, e o “Best of California”.

“Tanto o Nevada como a Califórnia são dois grandes mercados de aluguer de motas e mototurismo”, afirmou Duarte Guedes, que estará presente esta terça-feira na inauguração da loja em Las Vegas e na sexta-feira no concessionário BMW Motorcycles of Riverside, a cerca de 100 quilómetros de Los Angeles.

“Las Vegas é um mercado importante porque permite-nos, com um raio de ação relativamente curto quer para a Califórnia quer para o Texas e Arizona, cobrir uma série de destinos que são interessantes na questão do mototurismo”, explicou o empresário à Lusa.

É na cidade considerada a capital mundial do entretenimento que está a base das operações Hertz Ride na região da América do Norte, lideradas por Hugo Ramos. A região, de acordo com o estudo prévio feito pela Hipogest, constitui “o maior mercado de mototurismo no mundo”.

Duarte Guedes justificou ainda a escolha pelo facto de Las Vegas ter “um negócio que é estável o ano inteiro”, já que não tem as mesmas limitações meteorológicas que nos estados onde chove e neva durante o inverno.

Além disso, “Las Vegas tem uma posição estratégica, perto de vários destinos de mototurismo, com negócio de fim de semana, escapatória, feriados, congressos e reuniões”, adiantou.

O investimento de oito milhões de dólares servirá para abrir várias localizações noutros estados, que estão em negociação neste momento. Os eventos de abertura das lojas de Riverside e Las Vegas acontecerão esta terça (25 de setembro) e sexta-feira (27 de setembro), respetivamente. A abertura ao público está marcada para 1 de outubro, refere a empresa em comunicado.

Quando a Hipogest anunciou a intenção de expandir a presença para os Estados Unidos, em 2018, Miami era uma das cidades incluídas no plano de negócios, sendo que a Florida será um dos próximos destinos. “Temos cinco a seis locais em vista para abrir nos próximos seis meses”, revelou o CEO. “Diria que podemos chegar, nos três anos, a 10 localizações”.

A rede da BMW Motorrad será essencial para essa expansão, já que existe interesse nos concessionários em oferecer este serviço de aluguer de motos para “tours”

Foi isso que determinou a escolha de Riverside como primeiro local na Califórnia, já que a Hertz Ride fará parte de um concessionário da construtora. Em Las Vegas, pelo contrário, é uma loja própria.

Esta parceria permite à Hertz Ride renovar constantemente a frota, oferecendo modelos topo de gama novos todos os anos, “o que é uma coisa que os clientes valorizam bastante”. Michelin, Cardo Systems, Rev’it e Nexx Helmets são os outros parceiros anunciados para a entrada no mercado dos Estados Unidos.

Este negócio permite aos clientes devolverem as motos num local diferente daquele em que a recolheram. “Estas soluções procuram combinar a aventura com o conforto, através de uma frota totalmente composta por motos topo de gama com o máximo de sete meses ou 15 000 quilómetros de utilização e na sua maioria equipadas pelo sistema completo de bagagem e proteções de motor”, lê-se na nota de imprensa.

Segundo Duarte Guedes, a ideia tem tido “um excelente acolhimento” por parte da rede BMW Motorrad e da própria Hertz, com a qual a Hipogest tem um acordo de representação exclusivo como Hertz Portugal há 21 anos.

Com presença direta em Portugal, Espanha, França e Itália e em regime de “sub-franchising” na Áustria e Eslovénia, a Hertz Ride vai ultrapassar em 2019 um milhão de euros de faturação, um volume de negócios que Duarte Guedes considerou “interessante” para uma “startup”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Portuguesa Hipogest lança negócio de mototurismo nos Estados Unidos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião