Marcelo dá posse ao Governo de Costa: “As expectativas dos portugueses são hoje maiores”

Presidente da República deu este sábado posse ao novo Executivo liderado por António Costa. Lembrou que o mundo está diferente e os portugueses querem mais. "Segredo estará nas escolhas", disse.

O Presidente da República já deu posse ao novo Governo. Marcelo Rebelo de Sousa avisou que o Executivo liderado por António Costa “não terá uma tarefa fácil”. Lembrou que dispõe de recursos limitados e que, tendo em conta que as exigências dos portugueses são hoje maiores, “o segredo estará nas escolhas e na clareza das respostas que der”.

“Sabe que não é fácil e nem será fácil a tarefa que o espera”, disse Marcelo a Costa logo depois da cerimónia da tomada de posse. “A Europa e o mundo de hoje são diferentes dos de 2015”: mais complexo, indefinido e imprevisível. Por outro lado, “as expectativas dos portugueses são maiores porque decorrem de adiamentos ou porque nascem de novos patamares de satisfação de desejos e de necessidades”, acrescentou o Chefe de Estado.

Há mais desafios, “vários deles universais”, lembrou Marcelo Rebelo de Sousa: “Do envelhecimento acelerado da nossa população às emergências ambientais, do aprofundamento da revolução digital às relações do trabalho, dos anseios dos mais jovens que entre nos querem ficar à angústias dos menos jovens que teimam em não desistir”.

Mas “não há recursos para tamanhas expectativas”, sublinhou Marcelo. E “o segredo está nas escolhas e na clareza das respostas que entender ser possível dar”.

Depois de elogiar o desempenho do anterior Governo, que “superou as expectativas existentes”, o Presidente da República afirmou que há “questões essenciais por resolver cabalmente”, como amplos entendimentos de regime no sistema político, o combate à corrupção, maior transparência e escrutínio público, contas externas equilibradas, avanços na produtividade e competitividade da economia e igualdade salarial.

Também pediu atenção redobrada ao estatutos das Forças Armadas e das forças de segurança.

A António Costa, Marcelo Rebelo de Sousa disse que terá de “agir com humildade, com sobreposição do interesse nacional face aos particulares, com proximidade aos portugueses e que impeça sensação de afastamento”.

O Presidente da República terminou a sua intervenção com uma palavra aos portugueses, pedindo a Costa para não os desiludir. “Conta com um povo extraordinário que é o português, que resiste, que é leal, sofrido mas combativo”. “Quem o interpela espera de nós, de todos nós, que os não desiludamos. Nós não os podemos desiludir”, frisou.

(Notícia atualizada às 12h32)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marcelo dá posse ao Governo de Costa: “As expectativas dos portugueses são hoje maiores”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião