BCP dá força à bolsa. Papeleiras brilham em Lisboa

Lisboa segue a tendência positiva das principais praças europeias, beneficiando da valorização dos títulos do banco liderado por Miguel Maya. As papeleiras destacam-se nas subidas.

Lisboa está em alta. A praça portuguesa segue a tendência positiva das restantes bolsas europeias, beneficiando da valorização dos títulos do banco liderado por Miguel Maya, o BCP. A puxar pelo índice nacional estão também as empresas de pasta e papel, com Altri e Navigator a apresentarem as subidas mais expressivas no PSI-20.

O índice de referência da bolsa nacional soma 0,29% para 5.131,90 pontos, isto numa sessão “pintada” de verde na generalidade dos índices do Velho Continente. O Stoxx 600, que reúne as maiores empresas da Europa, avança 0,3%, sendo que praças como as de Madrid e Frankfurt registam ganhos de 0,5%. O DAX está mesmo em máximos de meados de 2018.

É o BCP que dá força à bolsa nacional, somando 1,03% para 20,52 cêntimos, numa altura em que começam a ser conhecidas as contas do setor referentes aos primeiros nove meses do ano.

A liderar as subidas estão a Altri e a Navigator, com ganhos de 3,51% e 1,34%, respetivamente, isto numa sessão em que a subida de 1,69% da Mota-Engil, para 2,048 euros, também merece destaque.

A ajudar o PSI-20 está também a Galp Energia, que soma 0,94% para 14,44 euros, apesar da ligeira descida dos preços do petróleo nos mercados internacionais. Nos restantes títulos do setor energético, tanto a EDP como a EDP Renováveis recuam, impedindo uma subida mais expressiva do PSI-20. Caem 0,27% e 0,2%, respetivamente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP dá força à bolsa. Papeleiras brilham em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião