Wall Street recua com adiamento do acordo parcial no comércio

  • ECO
  • 6 Novembro 2019

Acordo parcial entre EUA e China para resolver disputa no comércio só deverá acontecer em dezembro, o que acabou por frustrar as expectativas dos investidores americanos.

Foi mais uma sessão com os principais índices norte-americanos a negociar entre ganhos e perdas, mas o saldo final em Wall Street acabou mesmo por ser negativo, com os investidores frustrados com o adiamento da assinatura de um acordo parcial no comércio entre Washington e Pequim.

O índice de referência mundial S&P 500, que terminou em alta de 0,07%, fechando a sessão desta quarta-feira nos 3.076,73 pontos. Do lado negativo, o industrial Dow Jones caiu 0,04% e o tecnológico Nasdaq recuou 0,27%, isto após ter fixado um máximo intradiário na última sessão.

Este desempenho aconteceu depois de algumas notícias a dar conta de que havendo algum acordo parcial entre EUA e China sobre a disputa comercial, este cenário não vai acontecer pelo menos até dezembro.

“Parece que os mercados estão realmente a caminhar na água aqui, tentando decidir para onde ir em função do que está a acontecer com na guerra comércio e do que está a acontecer na temporada de resultados empresariais”, referiu Chris Zaccarelli, analista da Independent Advisor Alliance, citado pela Bloomberg.

Comentários ({{ total }})

Wall Street recua com adiamento do acordo parcial no comércio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião