Allianz prefere reparar a substituir materiais após sinistro

  • ECO Seguros
  • 24 Novembro 2019

Superfícies de madeira, azulejos, tijolos e reparações em janelas são alguns dos trabalhos que podem ser efetuados pela parceira Plastic Surgeon, são soluções mais rápidas e baratas.

A Allianz lançou, no Reino Unido, uma parceria com a Plastic Surgeon, uma empresa especializada que privilegia as reparações de danos à superfície do que a substituição de materiais.

A seguradora informa no seu site a parceria levará a melhorias na área da sustentabilidade, pois ao reparar em vez de substituir evita-se o desperdício de materiais. Desde o início desta parceria já foi evitado o envio para aterros de mais de um quarto de tonelada de diversos materiais.

O estado das reparações pode ser monitorizado online por seguradores e clientes. A gestão do processo estará a cargo da Plastic Surgeon, que contactará diretamente os clientes no prazo máximo de quatro horas após receber a informação. Esta solução deverá acelerar todo o processo de regularizações até 80%.

Superfícies de madeira danificadas, azulejos partidos, tijolos danificados e reparações em janelas são alguns dos tipos de trabalhos que podem ser efetuados. Citado no site, Graham Stait, responsável da Allianz, afirmou que esta parceria “permitirá oferecer soluções mais rápidas e baratas para reparações na superfície, acelerando a capacidade de resolver reclamações, beneficiando corretores e clientes.

Chris Edwards, da Plastic Surgeon, considera que “o compromisso da Allianz com uma abordagem sustentável é exemplar”.

Em Portugal , a grupo Ageas lançou recentemente a Ageas Repara, ainda focalizada em fugas de água e região de Lisboa mas com ambições d expansão a outras reparações e outras geografias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Allianz prefere reparar a substituir materiais após sinistro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião