Joias avaliadas em mil milhões de euros roubadas de Museu em Dresden

  • ECO
  • 25 Novembro 2019

Os três conjuntos de joias do século XVIII que foram roubados são considerados como tendo um valor "inestimável".

Uma das mais valiosas coleções de joias da Europa foi roubada esta segunda-feira de um museu em Dresden, na Alemanha. As peças roubadas, três conjuntos de joias do século XVIII, são consideradas como tendo um valor “inestimável”. No entanto, para os assaltantes poderão até mil milhões de euros, segundo avança o jornal alemão Bild.

O assalto ocorreu no museu Grünes Gewölbe conhecido como Green Vault, em Dresden, na Alemanha, tendo os assaltantes roubado três conjuntos com diamantes e rubis que fazem parte de um dos maiores tesouros de arte europeus.

“Três dos conjuntos de dez diamantes desapareceram, afirmou Marion Ackermann, diretora do museu, referindo-se ao espólio roubado, explicando ainda que o valor cultural desta coleção única fundada durante século XVIII por “Augustus, o forte”, que foi rei da Polónia é maior do que o respetivo valor material.

Não foram ainda identificados os criminosos nem foi feita nenhuma detenção, afirmou o porta-voz da polícia alemã. O assalto ocorreu na madrugada desta segunda-feira, sendo que as imagens capturadas pelas câmaras mostram dois homens invadindo um dos salões, através de uma janela com grades, que não foram identificados.

Comentários ({{ total }})

Joias avaliadas em mil milhões de euros roubadas de Museu em Dresden

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião