Best Lawyers 2020: veja aqui os resultados

Leia aqui a lista dos melhores advogados do ano e das melhores firmas de advogados, segundo o diretório Best Lawyers.

O diretório americano destaca anualmente os melhores advogados e sociedades em cada área de prática e em diversas jurisdições, tendo por base a opinião e votação dos colegas e pares.

A Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados, a CMS Rui Pena & Arnaut, a Linklaters, a PLMJ e a VdA foram as sociedades portuguesas mais distinguidas na categoria “Law Firm of the Year”, tendo cada uma sido referenciada em duas áreas de prática.

A PLMJ foi, assim, reconhecida em Arbitration and Mediation e Mergers and Acquisitions Law; a Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados em Banking and Finance Law e Corporate Law; a Linklaters em Capital Markets Law e Project Finance and Development Practice; a CMS Rui Pena & Arnaut em Insolvency and Reorganization Law e Litigation; e a VdA em Intellectual Property Law e Technology Law.

Foram também distinguidas, nesta categoria, a Sérvulo (Administrative Law), a Cuatrecasas (Criminal Defense), a SRS Advogados (Labor and Employment Law), a Miranda & Associados (Natural Resources Law), a Morais Leitão (Real Estate Law) e a Ricardo da Palma Borges & Associados (Tax Law).

O ranking analisou ainda os melhores advogados por área. A Morais Leitão é o escritório que tem o maior número de advogados na rúbrica “lawyer of the year” e o maior número total de advogados referenciados.

Veja ambas as listas.

Law Firm of the Year

  • Administrative Law – Sérvulo & Associados
  • Arbitration and Mediation – PLMJ
  • Banking and Finance Law – Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados
  • Capital Markets Law – Linklaters
  • Corporate Law – Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados
  • Criminal Defense – Cuatrecasas
  • Insolvency and Reorganization Law – CMS Rui Pena & Arnaut
  • Intellectual Property Law – Vieira de Almeida & Associados
  • Labor and Employment Law – SRS Advogados
  • Litigation – CMS Rui Pena & Arnaut
  • Mergers and Acquisitions Law – PLMJ
  • Natural Resources Law – Miranda & Associados
  • Project Finance and Development Practice – Linklaters
  • Real Estate Law – Morais Leitão
  • Tax Law – Ricardo da Palma Borges & Associados
  • Technology Law – Vieira de Almeida & Associados

Best Lawyer of the Year

  • Administrative Law – Margarida Olazabal Cabral (Morais Leitão)
  • Arbitration and Mediation – Nuno Ferreira Lousa (Lisboa / Linklaters) e José Ricardo Gonçalves (Porto/Capitão, Rodrigues Bastos, Areia e Associados)
  • Banking and Finance Law – Francisco Sá Carneiro (Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados)
  • Capital Markets Law – Hugo Moredo Santos – VdA
  • Competition / Antitrust Law – Carlos Botelho Moniz – Morais Leitão
  • Construction Law – Pedro Melo – Miranda
  • Corporate Governance & Compliance Practice – Paulo Câmara (Lisboa/ Sérvulo) e Tomás Pessanha (Porto Garrigues)
  • Corporate Law – Fernando Campos Ferreira (Lisboa/Campos Ferreira, Sá Carneiro e Associados) e Tomás Pessanha (Porto/Garrigues)
  • Criminal Defense – José António Barreiros (José António Barreiros Advogados) e Paulo de Sá e Cunha (Cuatrecasas)
  • Derivatives – Pedro Cardigos (Cardigos & Associados)
  • Energy Law – Ricardo Andrade Amaro (Morais Leitão)
  • Environmental Law – João Pereira Reis (Morais Leitão)
  • European Union Law – Ricardo Bordalo Junqueiro – (VdA)
  • Financial Institutions – Luís Branco – (Morais Leitão)
  • Health Law – Paulo Pinheiro – (VdA)
  • Information Technology Law – Daniel Reis – (PLMJ)
  • Insolvency and Reorganization Law – Camila Pinto de Lima (CMS/Rui Pena & Arnaut)
  • Intellectual Property Law – António Andrade – (Abreu Advogados)
  • International Arbitration – José Miguel Júdice (PLMJ)
  • Labor and Employment Law – Benjamim Mendes (Lisboa/ABBC) e Manuel Cavaleiro Brandão (Porto)
  • Litigation – Paulo de Sá e Cunha (Cuatrecasas) e João Medeiros (VdA)
  • Maritime Law – Henrique Abecasis (Henrique Abecasis, Andresen Guimarães & Associados)
  • Media Law – Luís Neto Galvão (SRS Advogados)
  • Mergers and Acquisitions Law – Jorge Brito Pereira (UM-PC) e Eduardo Verde Pinho (Porto/Morais Leitão)
  • Mining Law – Miguel Spínola (PLMJ)
  • Natural Resources Law – Nuno Marques Antunes (Miranda)
  • Planning – Sofia Galvão (Sofia Galvão Advogados)
  • Privacy and Data Security Law – Ana Rocha (CCA)
  • Private Equity Law – Maria Castelos (Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados)
  • Project Finance and Development Practice – Duarte Brito de Goes (Campos Ferreira, Sá Carneiro & Associados)
  • Public Law – José Manuel Sérvulo Correia (Lisboa/ Sérvulo) e Pedro Costa Gonçalves (Porto/Morais Leitão)
  • Real Estate Law – Jorge Salvador Gonçalves (Garrigues)
  • Regulatory Practice – Nuno Peres Alves (Morais Leitão)
  • Sports Law – Alexandre Miguel Mestre (Abreu Advogados)
  • Tax Law – Ana Isabel Correia (Lisboa /RPBA) e António Pedro Braga (Porto/Morais Leitão)
  • Technology Law – Magda Cocco – VdA
  • Telecommunications Law – Margarida Couto (VdA)
  • Transportation Law – Carlos Costa e Silva (Barrocas)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Best Lawyers 2020: veja aqui os resultados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião