Empresa nacional de painéis solares investe um milhão para aumentar exportação

  • Lusa
  • 18 Dezembro 2019

A Energie, empresa portuguesa especializada em painéis solares, vai investir cerca de um milhão e euros para ampliar as suas instalações e aumentar a capacidade produtiva e melhorar a exportação.

Uma empresa portuguesa especializada em painéis solares, sediada na Póvoa de Varzim, vai investir cerca de um milhão e euros para ampliar as suas instalações e aumentar a capacidade produtiva, melhorando os seus índices de exportação.

A nova área de produção da empresa vai ocupar cerca de 1500 metros quadrados e dar seguimento à construção de painéis solares termodinâmicos de última geração, com maior eficiência energética, que tem tido uma procura crescente nos mercados da Europa Central, Médio Oriente e Oceânia.

“A necessidade deste investimento prende-se pelo crescimento orgânico que estamos a ter, em 2019, ordem dos 30 por cento, que fazem com as atuais instalações já sejam pequenas para o número de encomendas crescente que temos, felizmente, sentido”, explicou à Agência Lusa Luís Rocha, CEO da Energie.

Com este investimento, feito no âmbito de uma candidatura à Inovação Produtiva do Portugal 2020, a empresa pretende construir “painéis solares termodinâmicos ainda mais amigos do ambiente“, inovando nos materiais utilizados nos seus componentes.

“São materiais adequadas às atuais tendências da economia circular, que podem ser facilmente reciclados. Tem havido uma evolução neste tipo de equipamentos, para os adaptar aos novos regulamentos europeus e mundiais, e temos de os constantemente melhorar em termos de rendimento”, vincou o empresário.

Luís Rocha garantiu que todos os produtos da empresa “estão certificados em diferentes países”, e apesar de grande parte da produção ser vendida para outros países, a Energie pretende reforçar a sua posição no mercado nacional.

“O novo Orçamento da Estado contempla uma dedução fiscal de 1000 euros, em sede de IRS, para quem investir em energias alternativas, o que engloba a aquisição de painéis solares. Isso é mais uma oportunidade para podermos aumentar as vendas”, disse Luís Rocha

O empresário lembrou que os “painéis solares Energie, destinados à climatização e águas quentes sanitárias, podem, numa habitação com quatro pessoas, reduzir até 70 por cento, por ano, as emissões de dióxido de carbono”.

Com ampliação da unidade, a Energie conta, também, aumentar a mão-de-obra, planeando a contratação de 10 funcionários, que se juntarão aos cerca de 40 que atualmente trabalham na empresa.

As obras de ampliação vão arrancar já em janeiro de 2020 e têm um prazo de execução previsto em seis meses. A empresa espera encerrar o ano com um volume de faturação na ordem dos oito milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Empresa nacional de painéis solares investe um milhão para aumentar exportação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião