Brexit: Von der Leyen e Barnier em Londres na quarta-feira para reunião com Boris Johnson

  • Lusa
  • 6 Janeiro 2020

Ursula von der Leyen e Michel Barnier vão reunir-se com Boris Johnson para discutir o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia.

A presidente da Comissão Europeia e o negociador-chefe da União Europeia (UE) para o Brexit vão estar esta quarta-feira em Londres para uma reunião com o primeiro-ministro britânico sobre o processo, foi esta segunda-feira anunciado.

“A presidente Von der Leyen e Michel Barnier vão estar em Londres na quarta-feira para uma reunião com o primeiro-ministro Boris Johnson, encontro no qual vão discutir o acordo de saída do Reino Unido da UE e olhar para o ano que agora começa”, informou através de uma publicação na rede social Twitter o porta-voz do executivo comunitário para o Brexit, Daniel Ferrie.

Questionado sobre esta reunião na conferência de imprensa diária do executivo comunitário, em Bruxelas, o porta-voz de Ursula von der Leyen, Eric Mamer, rejeitou que o encontro sirva para abordar a relação comercial futura entre Bruxelas e Londres, centrando-se apenas no acordo de saída do Reino Unido da UE, que aguarda ratificação final do Parlamento britânico.

“Esta reunião vai acontecer num momento muito especifico, numa altura em que o acordo de saída está a ser ratificado pelo Reino Unido, e não vai acontecer numa altura em que as negociações comerciais já começaram”, vincou o responsável. Eric Mamer insistiu que as conversações sobre o acordo comercial “só começam depois”. “A reunião visa apenas discutir o acordo de saída do Reino Unido da UE, esperando-se que [o processo] prossiga em todas as suas dimensões”.

Em meados de dezembro, o Parlamento britânico, no qual o partido Conservador tem maioria, aprovou o projeto de lei referente ao acordo de saída da UE, que torna então possível que o Reino Unido saia da UE na data prevista de 31 de janeiro. Está previsto que a votação final seja feita a 9 de janeiro.

Após este último aval britânico e o consentimento da Rainha, faltará apenas o Parlamento Europeu votar o acordo de saída, proposto por Boris Johnson, cujo partido Conservador dispõe de uma confortável maioria absoluta alcançada nas eleições do passado dia 12 de dezembro. Dados estes passos, inicia-se um período de transição, que começa depois da data de saída, 31 de janeiro, e prolonga-se até 31 de dezembro.

Durante estes onze meses, o Reino Unido continua a respeitar as regras da UE e a fazer parte do mercado único, enquanto Londres e Bruxelas negoceiam um novo acordo comercial.

O apertado prazo para negociar esta futura relação comercial é motivo de preocupação para Ursula von der Leyen e Michel Barnier, tendo a presidente da Comissão Europeia afirmado na última sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, que “o calendário que existe pela frente é um grande desafio”, enquanto o negociador-chefe admitiu na mesma ocasião que “não será possível fazer tudo” no prazo estipulado.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Brexit: Von der Leyen e Barnier em Londres na quarta-feira para reunião com Boris Johnson

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião