Houve 287 festivais de música no ano passado. Impacto na economia chegou aos 18 mil milhões de euros

Em 2019, realizaram-se 287 festivais de música em Portugal, de acordo com a Associação Portuguesa de Festivais de Música.

Os festivais de música que se realizaram em Portugal no ano passado tiveram um impacto direto e indireto na economia de 18 mil milhões de euros brutos. Os cálculos são da Aporfest – Associação Portuguesa de Festivais de Música, que adianta também que, em 2019, ocorreram 287 festivais.

O impacto económico que os festivais geram em Portugal, que a Aporfest está a medir pela primeira vez, tem em conta que passaram por estes eventos 2,1 milhões de pessoas, que com os bilhetes, transporte, alimentação e outros gastos médios diários contribuíram com 18 mil milhões de euros brutos para a economia.

A partir do relatório anual “Festivais de Música em Portugal”, a associação dá conta de que houve um decréscimo no número de festivais realizados em Portugal de 7,7% face a 2018, quando foram 311. É a primeira queda registada desde a altura em que a associação começou a fazer a contabilização, em 2014.

Este decréscimo acontece porque “alguns festivais de pequena dimensão (localizados em localidades não urbanas) suportados por organismos públicos e/ou associações não conseguiram efetivar as suas edições perante mais custos e um menor apoio financeiro proporcionado“, nota a Aporfest. Para além disso, também existiram menos “novos festivais” a surgir.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Houve 287 festivais de música no ano passado. Impacto na economia chegou aos 18 mil milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião