PS acusa Rio de decidir voto no OE 2020 a pensar nas eleições do PSD. “É uma pena”, diz Ana Catarina Medes

PSD vai votar contra o Orçamento do Estado, mas o PS de António Costa confia que os partidos à esquerda vão viabilizar a proposta.

A decisão de Rui Rio de votar contra a proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE 2020) é, na opinião do PS, focada nas eleições internas no partido e não no próprio documento. A líder parlamentar socialista Ana Catarina Mendes defendeu que a “razão real” para o chumbo é a “disputa interna”, mas ainda acredita que os partidos à esquerda vão viabilizar a proposta, na generalidade.

“Rui Rio deu sete razões, mas não a razão real que é porque falou para dentro e para a disputa interna e anunciou, o voto contra, aos seus adversários“, disse Ana Catarina Mendes, em declarações transmitidas pela RTP3.

A líder parlamentar do PS reagiu assim ao anúncio de Rui Rio de que que o PSD vai votar contra o OE 2020, uma decisão justificada com sete argumentos. “Este OE não tem uma linha estratégica”, mas “tem uma tática” que é a distribuição de rendimentos, disse o social-democrata.

Não é de estranhar que neste clima de eleição interna, o PSD e Rui Rio, se tenha esquecido de falar aos portugueses ou apresentar qualquer proposta para os portugueses, mas que tenha falado para os adversários internos. É pena porque é o país que perde”, sublinhou Ana Catarina Mendes.

A socialista apontou para medidas como o reforço do investimento no Sistema Nacional de Saúde, aumentos das pensões, atualizações de salários da Função Pública, o IRS Jovem ou aumento do abono de família para famílias com mais de dois filhos. “O nosso orçamento é realista como foram os últimos quatro”, defendeu sobre o OE que prevê o primeiro excedente orçamental em democracia.

O documento é votado esta sexta-feira na generalidade e, até agora, ainda não tem apoio suficiente para passar pelo que o Governo vai negociar com os partidos à esquerda até ao último dia. “Aqueles que estiveram com o PS nos últimos quatro anos e que aprovaram quatro bons orçamentos, não há nenhuma razão para que não possam votar num orçamento que é em tudo melhor que o anterior“, acrescentou Ana Catarina Mendes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS acusa Rio de decidir voto no OE 2020 a pensar nas eleições do PSD. “É uma pena”, diz Ana Catarina Medes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião