Rendas em Lisboa descem pela primeira vez em três anos

  • ECO
  • 15 Janeiro 2020

O Índice de Rendas Residenciais registou, no terceiro trimestre do ano passado, a primeira variação negativa desde o terceiro trimestre de 2016, segundo os dados da Confidencial Imobiliário.

As rendas da habitação em Lisboa corrigiram no terceiro trimestre de 2019, tendo registado uma variação negativa de 1,4%, a primeira dos últimos três anos. Desde o terceiro trimestre de 2016 que o Índice de Rendas Residenciais (IRR) não parava de subir, pelo que já se antecipava uma eventual variação.

Porém, ainda é cedo para entender esta evolução como uma inversão da tendência, noticia o Público (acesso condicionado) esta quarta-feira, citando dados da Confidencial Imobiliário. Isto porque o índice valorizava há 12 trimestres consecutivos e, em alguns dos casos, a variação trimestral era superior a 7%.

“O mercado já mostrou que volta a ganhar ritmos de subida” noutros momentos, explicou ao jornal Ricardo Guimarães, diretor da empresa. Em contrapartida, o especialista preferiu falar num “ponto de equilíbrio” no mercado.

O histórico mostra que, entre meados de 2016 e de 2018, a subida média do índice em cadeia foi de 4,5% na capital portuguesa, enquanto, em ternos homólogos, a subida média neste período chegou aos 17,3%. Mas recuando ainda mais no tempo, as variações tomam outras proporções. As rendas no terceiro trimestre de 2019 estavam 44% acima dos níveis registados em 2010, segundo a análise do Público.

Fica ainda claro que a realidade em Lisboa é diferente da do resto do país, olhando para os dados de outras regiões portuguesas. A nível nacional, a evolução trimestral do índice no período de julho a setembro foi de 0,2%. No caso do Porto, registou-se uma nova aceleração no IRR, com um crescimento trimestral de 2,5%.

Comentários ({{ total }})

Rendas em Lisboa descem pela primeira vez em três anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião