PwC informa trabalhadores sobre estratégia para gerir crise com Isabel dos Santos

  • ECO
  • 20 Janeiro 2020

Consultora pede aos colaboradores para se manterem em silêncio e remeterem quaisquer questões para um superior específico, revela um comunicado interno a que o ECO teve acesso.

A PricewaterhouseCoopers (PwC) deu conta esta, segunda-feira, da cessação dos contratos de serviços a empresas controladas pela família de Isabel dos Santos e da abertura de uma investigação. Mas também já delineou uma estratégia para a gestão interna da crise, nomeadamente no que respeita ao relacionamento que devem manter com os clientes visados.

A indicação é para manterem o silêncio e remeterem quaisquer questões para um superior específico, revela um comunicado interno a que o ECO teve acesso.

Neste documento, a consultora começa por explicar aos colaboradores que foi contactada em dezembro pelo consórcio internacional de jornalistas ICIJ) relativamente ao trabalho que a consultora prestou a empresas da família dos Santos. “Em resultado da seriedade das alegações, foi tomada a decisão de terminar a prestação de qualquer serviço às empresas detidas ou controladas pela família dos Santos”, assume a PwC que esclarece ainda que os clientes visados já foram informados da decisão.

A consultora explica que alguns dos seus colaboradores continuarão a trabalhar nos clientes afetados no sentido de permitir a cessação da relação em cumprimento com as “obrigações legais e regulatórias”.

E nesse quadro, a PwC explica quais devem ser os procedimentos que estes devem seguir “É possível, e até provável, que vos sejam dirigidas pelo cliente algumas perguntas sobre a nossa decisão de terminar a prestação dos serviços”, assume o comunicado, onde é dada indicação para não falarem. “Caso isso aconteça, peço-vos que não discutam o assunto com o cliente, remetendo essa discussão para o Engagement Partner, o qual estará em melhores condições de responder a quaisquer questões colocadas pelo cliente”, esclarece.

Relativamente à comunicação social, também são pedidos os mesmos tipos de cuidados. Caso contactados por algum órgão de comunicação social, devem remeter para o responsável da comunicação da consultora “sem fazerem qualquer comentário”.

No final, a PwC também partilha com os colaboradores a declaração enviada à ICIJ em que a consultora já revelava a intenção de iniciar uma investigação e cessar contratos com as empresas controladas pelo universo Isabel dos Santos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PwC informa trabalhadores sobre estratégia para gerir crise com Isabel dos Santos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião