Matosinhos procura ideias de negócios ligadas ao mar

  • Lusa
  • 21 Janeiro 2020

O concurso internacional de empreendedorismo BluAct procura ideias de negócios ligadas à economia do mar. O objetivo é apoiar novas ideias e promover o emprego qualificado.

A Câmara Municipal de Matosinhos apresentou esta segunda-feira o concurso internacional de empreendedorismo BluAct, que procura ideias de negócios ligadas ao “mar” com o objetivo de “estimular a economia azul”. O BluAct destina-se a projetos empresariais que se encontrem em fase de ideia de negócio e empresas já legalmente constituídas, com menos de quatro anos, que possuam impacto significativo na economia do mar, referiu, numa nota enviada às redações.

Até 09 de fevereiro, os empreendedores vão poder submeter ideias de negócio nas áreas do turismo, desporto, indústria, moda, investigação ou formação, tendo apenas de possuir “impacto significativo” na economia do mar. Após a apresentação de candidaturas, serão selecionadas 10 ideias e, a 02 de março, anunciadas as três melhores.

A realização de um programa de aceleração e incubação, durante um ano, no Parque da Ciência e da Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Mar, em Leça da Palmeira, Matosinhos, é o prémio final. A cerimónia de entrega de prémios está agendada para 2 de março.

“Existe, ainda, um prémio extra patrocinado pelo Super Bock Group, no valor máximo de cinco mil euros, para os projetos empresariais vocacionados para a sustentabilidade e economia circular”, sublinhou.

Para a presidente da câmara, Luísa Salgueiro, citada no comunicado, a dinamização da economia do mar é, “sem dúvida”, uma aposta estratégica do município.

O mar posiciona-se, hoje, como um recurso que tem captado a atenção dos centros de investigação e empresas inovadoras e, por essa razão, temos apostado em preservar o caráter tradicional do setor, abrindo-o, contudo, à inovação”, sublinhou. Acrescentando que um dos grandes objetivos do BlueAct é “exatamente esse”.

De 27 a 29 de janeiro, Matosinhos servirá de palco ao encontro que irá reunir todas as cidades envolvidas no projeto, financiado pelo URBACT III – programa da União Europeia que ajuda as cidades a desenvolver soluções sustentáveis nestas áreas. Além de Matosinhos, cidade que representa Portugal, o projeto envolve ainda, Piraeus (Grécia), Burgas (Bulgária), Mataro (Espanha), Ostend (Bélgica), Galati (Roménia) e Salerno (Itália).

Comentários ({{ total }})

Matosinhos procura ideias de negócios ligadas ao mar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião