Justiça investiga novos conflitos de interesse no Crédito Agrícola

  • ECO
  • 12 Fevereiro 2020

Grupo de associados da Caixa Agrícola de Salvaterra de Magos enviou queixa-crime ao Ministério Público devido às ligações familiares entre os gestores daquela instituição.

O Crédito Agrícola está envolvido em nova polémica, depois do caso da mulher do presidente, Licínio Pina, a quem o banco pagava 2.000 por mês para assegurar a “estabilidade emocional” do CEO. Agora, um grupo de mais de 100 associados da Caixa Agrícola de Salvaterra de Magos e Benavente enviou uma queixa-crime ao Ministério Público devido a “potencial conflito de interesses”, de acordo com o Público (acesso pago).

Aquela Caixa regional tem nos seus órgãos sociais vários membros com ligações familiares próximas entre si. O presidente executivo José Moreira é irmão do atual presidente da mesa da assembleia-geral, que já foi administrador da instituição ribatejana, em que o contabilista é seu genro que, por sua vez, é cunhado de um gerente de balcão e sobrinho do presidente.

De acordo com o jornal, são acusados por alguns associados de negócios cruzados, sem que o grupo Caixa Central de Crédito Agrícola, que agrega sob sua alçada 80 Caixas regionais, tenha até agora feito qualquer intervenção, como tem vindo a fazer em várias Caixas.

Além do Ministério Público, a queixa-crime dos 120 associados foi reportada ao Banco de Portugal.

Em reação, Licínio Pina disse ao jornal que não tem ferramentas para intervir imediatamente em casos de conflitos de interesse.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Justiça investiga novos conflitos de interesse no Crédito Agrícola

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião