Carro usado de Joacine ou Ventura? Maioria não comprava

  • ECO
  • 26 Fevereiro 2020

Mais de metade dos inquiridos numa sondagem da Intercampus não comprariam um carro usado a Joacine Katar Moreira ou ao deputado do Chega. Por outro lado, aceitavam um negócio com Jerónimo de Sousa.

Questionados a quem não comprariam um carro usado, os inquiridos num estudo da Intercampus para o Correio da Manhã (acesso pago) e Jornal de Negócios revelaram menos confiança em Joacine Katar Moreira e André Ventura. Cerca de 66% dos inquiridos não compravam um carro usado à deputada não inscrita, enquanto 57,7% não confiava num negócio com o deputado do Chega.

Esta é uma pergunta que se coloca para aferir o grau de confiança nos políticos. O líder do PCP, Jerónimo de Sousa, é o político em quem os inquiridos mais confiavam, sendo que mais de metade aceitaria um negócio. Segue-se a coordenadora bloquista Catarina Martins, e o presidente do PSD, Rui Rio, que não recebem a confiança de cerca de 43% dos inquiridos. Já António Costa apenas convencia metade dos inquiridos.

Na sondagem da Intercampus também foi pedida uma avaliação à ação política dos líderes partidários. Só o primeiro-ministro e secretário-geral do PS, António Costa, e a bloquista Catarina Martins é que conseguiram ter uma nota positiva, de três numa escala de um a cinco. Rui Rio obteve 2,9, enquanto Jerónimo de Sousa foi avaliado em 2,8.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carro usado de Joacine ou Ventura? Maioria não comprava

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião