Covid-19: Há 13 infeções confirmadas em Portugal e 30 casos em avaliação

  • ECO e Lusa
  • 6 Março 2020

Portugal regista 13 infeções confirmadas de Covid-19 e 30 novos casos suspeitos ainda em avaliação, informou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Há 13 infeções confirmadas de Covid-19 em Portugal e 30 novos casos suspeitos ainda em avaliação, informou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o boletim sobre a situação epidemiológica em Portugal, divulgado pela DGS, o número total de casos suspeitos é de 181 desde o início do ano, entre os quais os 30 que se encontravam esta sexta-feira ao final do dia a aguardar resultados dos exames laboratoriais.

O aumento do número de infeções, de nove na quinta-feira para os atuais 13, foi inicialmente anunciado pela ministra da Saúde, Marta Temido, após uma reunião da União Europeia, em Bruxelas. No boletim, a DGS explica que dos 13 casos de infetados com o novo coronavírus, que provoca a doença denominada Covid-19, oito são no Porto, um em Coimbra e quatro em Lisboa.

A ministra frisou que estes novos casos “têm todos ligação epidemiológica entre si”, ou seja, “há a confiança de que não há transmissão livre na comunidade”. Do total de casos, cinco são importados: um de Espanha e quatro de Itália. Nove são homens. Ainda de acordo com o boletim, houve ainda 354 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Os casos confirmados estão a aumentar o número de pessoas em isolamento social, para evitar os riscos de contágios. É o caso da professora na escola Roque Gameiro que acabou por ir dar aulas contaminada com mo Covid-19 depois de ter estado de férias em Milão, por recomendação da linha SNS 24. Agora estão em isolamento preventivo 150 estudantes, oito professores e quatro assistentes operacionais.

Ora, como o filho desta professora andava no colégio Grão Vasco, em Benfica, a instituição decidiu encerrar as instalações para fazer uma limpeza profunda. Já a escola José Álvaro Vidal, em Alverca, também adotou medidas de contingência depois do pai de um aluno ter sido infetado.

A escola de artes da Covilhã também está encerrada depois de um professor de música ter sido infetado. A situação deste docente também afeta o funcionamento da Escola Superior de Música do Porto que decidiu interromper as aulas.

O mesmo se passa com um empresário do norte, que esteve na feira de sapatos de Milão e, apesar de no regresso apresentar sinais da doença, foi medicado para uma gripe normal, mas perante o agravamento dos sintomas, acabou por ser enviado para um dos hospitais de referência no Porto para o tratamento da epidemia, o Hospital de São João no Porto, onde os testes acusaram positivos. Agora os 64 empregados da fábrica em Felgueiras estão em isolamento.

O número de pessoas infetadas pelo novo coronavírus, em todo o mundo, aumentou para 100.842, das quais 3.456 morreram, em 92 países e territórios, segundo um balanço divulgado pela agência noticiosa France Presse (AFP), com dados atualizados às 17h de sexta-feira. O novo coronavírus surgiu pela primeira vez no final do ano passado em Wuhan, na China, e pode causar infeções respiratórias como pneumonia. A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para “muito elevado”.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Covid-19: Há 13 infeções confirmadas em Portugal e 30 casos em avaliação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião